domingo, 18 de fevereiro de 2018

DICA DO BLOG: APRENDA A TOCAR BATERIA COM ROGÉRIO OLIVEIRA


CASA DO CAMINHO LONDRINA TEM VAGAS PARA CRIANÇAS


quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

FILME O SAMBA, COM MARTINHO DA VILA

O DVD “O Samba” estrelado por Martinho da Vila te ajuda a prolongar o clima de alegria. 

Compre agora o DVD pelo site: http://bit.ly/2EwHP1k

CESE APRESENTA MÚSICA & DIREITOS HUMANOS


EM AGOSTO, TEM CHITÃOZINHO E XORORÓ EM LONDRINA

Anote na sua agenda: No dia 11 de agosto, véspera do dia dos pais você tem um encontro marcado com o Chitãozinho e Xororó apresentando o novo show da turnê Evidências só com aqueles clássicos que todo mundo ama cantar. Ingressos à partir de R$ 50,00 no primeiro lote antecipado.

As vendas já estão Abertas:

LONDRINA:
Pátio San Miguel - Av. Higienópolis, 762
Ótica Sueko - Shopping Catuaí
Óticas Diniz: Rua Professor Joao Candido, 100
Óticas Diniz: Rua Souza Naves , 158 C
Óticas Diniz: Av. Sao Paulo, 187A
Óticas Diniz: Av Bandeirantes, 666
Óticas Diniz: Rua Sergipe, 428
Óticas Diniz: Shopping Norte

IBIPORÃ:
Óticas Diniz - Av. Santos Dumont, 83

CAMBÉ:
Óticas Diniz - Av. Inglaterra, 753

APUCARANA
Ótica Diniz - Rua Ponta Grossa, 1202

ARAPONGAS:
Ótica Diniz - Av. Arapongas, 580

MARINGÁ:
Posto Canadá
Casas Ajita - Avenida Brasil
Casas Ajita - Shopping Cidade

ON-LINE:
http://www.mgentretenimento.com.br/

TRIBUTO AO MÚSICO CHICO PINHEIRO


JOVEM YOUTUBER ISABELLY CRISTINE MORRE APÓS SER BALEADA NO TRÃNSITO

A modelo e youtuber Isabelly Cristine Santos, de 14 anos, teve a morte cerebral confirmada na noite de quarta-feira (14), no Hospital Regional do Litoral, em Paranaguá.

Na madrugada de quarta-feira, a adolescente levou um tiro na cabeça na PR-412, entre os balneários Ipanema e Praia de Leste, em Pontal do Paraná, no litoral do estado. 

Antes de ser baleada, Isa tinha ido entrevistar o MC Gustta no balneário de Shangri-la, em Pontal do Paraná, e retornava para Paranaguá, onde mora. A entrevista é para o canal dela, o Isa Top Show. 

A página de Isa no Youtube tinha mais de 47 mil inscritos e 110 publicações. 

Os vídeos, conforme a própria youtuber descrevia no seu perfil, têm entrevistas, atualidades, dicas de beleza e de moda, além de outros assuntos.

12ª CONFERENCIA DE WICCA, NO BRASIL

Workshops, palestras, vivências e rituais com Bruxos renomados do Brasil e exterior esperam por você nesta 12ª edição da Conferência de Wicca & Espiritualidade da Deusa nos dias 08, 09 e 10 de junho de 2018 no Centro de Convenções do Hotel Dan Inn Planalto, São Paulo.

Visite o site www.conferenciadewicca.com.br e aproveite o lote promocional de lançamento, se inscreva agora no evento e tenha acesso a valores mais acessíveis.



quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

BEIJA-FLOR VENCE O CARNAVAL 2018

A Beija-Flor de Nilópolis é a grande campeã do carnaval 2018 do Rio de Janeiro.

A Beija-Flor fez um paralelo entre o romance "Frankenstein” e as mazelas sociais brasileiras. Corrupção, desigualdade, violência e intolerâncias de gênero, racial, religiosa e até esportiva formaram o cenário de "Brasil monstruoso".

Comandado por Neguinho da Beija-Flor, o samba-enredo “Monstro é aquele que não sabe amar (Os filhos abandonados da pátria que os pariu)” foi cantado em coro pelo público da Sapucaí, que ao final do desfile ocupou a avenida, seguindo a escola.

As cantoras Pabllo Vittar e Jojo Todynho foram destaque do carro "O abandono", representando a luta contra a intolerância de gênero e a intolerância racial, respectivamente. 

A Beija-Flor tem agora 14 títulos no Grupo Especial do Rio - só fica atrás da Portela e da Mangueira no total de vitórias.

CARNAVAL DA SAUDADE, POEMA DE AYRTON ROCHA

 
O tempo passou tão de repente
Mas, para o coração da gente
Tudo que foi bonito ficou.
Era carnaval.
 
Os anos eram dourados,
Como dourados eram teus olhos
E a ternura do nosso amor
O nosso bloco estava sempre na rua,
Na rua do nosso grande amor.
 
Ele desfilava na avenida dos nossos corações
Desfilava em teu corpo nu,
Com seus confetes e suas serpentinas
E meu lança perfume,
Era o suor do teu corpo
Que vinha lá de tuas entranhas
Na hora de fazermos amor
O meu samba, era o balançar do teu corpo
Numa cadencia magistral
Que me levava ao delírio
E a um gozo divinal
 
Teu coração tinha a mesma batida
Do rítimo do samba,
Do carnaval do nosso amor
Teus olhos pedintes,
Brilhavam mais que lantejoulas
Sob a luz de um luar
Que iluminava o teu corpo e o meu
Transformando a passarela do nosso samba
Na mais bela canção de amor
 
O teu gemido gostoso, era o roncar de uma cuíca 
Em rítimo de ternura
O teu sorriso fácil e feliz,
Era de uma porta bandeira em noite de glória
Em noite de luz
Os teus cabelos esvoaçantes
Eram o estandarte do nosso bloco de amor
 
As lindas estrelas que no Céu brilhavam
Eram as arquibancadas dos sonhos
Que aplaudiam nosso carnaval da paixão
Eu era o teu samba enredo
E tu eras o enredo do meu samba
E nós dois, nos perdíamos no enredo do nosso samba
Eram dias e dias de folia
Com teu sorriso e minha alegria
Teu corpo ardente
De uma noite quente,
Do mais belo verão.
 
Quanto mais eu te amava
Mais tu me desejavas,
E me implorava,
Para o nosso carnaval nunca acabar
Quantos carnavais passaram
E o tempo nada mudou
Quanto mais o tempo passa
Mais aumenta o nosso amor
Confetes, serpentinas, coloridas de saudades
São símbolos coloridos
De nosso amor, de nossa grande amizade.
São lembranças de um tempo lindo,
De um carnaval que passou
O Carnaval da Saudade
De uma grande história de amor.

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

ACADEMICOS DO TATUAPÉ VENCE CARNAVAL DE SP


A Acadêmicos do Tatuapé é bicampeã do carnaval 2018 de São Paulo. O título só foi garantido na apuração da última nota do último jurado, e pelos critérios de desempate: a escola ficou com a mesma pontuação da Mocidade Alegre, Mancha Verde e Tom Maior (270 pontos), mas teve melhor desempenho no quesito alegoria.

Unidos do Peruche e Independente Tricolar foram rebaixadas.

O tema da escola foi o Maranhão.

A Tatuapé entrou no Anhembi "navegando" com uma ala que representava o mar e as caravelas dos portugueses. Na sequência, alas e carros mostraram a culinária, a história e a natureza do Maranhão.
A Acadêmicos do Tatuapé terminou o desfile com 1h03 e entre as favoritas da noite.

domingo, 11 de fevereiro de 2018

SAMBISTA NILTINHO TRISTEZA MORRE NO SÁBADO DE CARNAVAL

Morreu na tarde deste sábado (10) de carnaval o cantor e compositor Niltinho Tristeza, aos 79 anos. Ele lutava contra um câncer de pulmão e estava internado no Hospital Getúlio Vargas, na Penha, Zona Norte do Rio. 



Tristeza foi autor do samba-enredo campeão pela Imperatriz Leopoldinense no carnaval de 1989. A música se tornaria depois tema de abertura da novela Lado a Lado, da TV Globo.

O apelido do compositor veio de sua composição mais famosa, "Tristeza", de 1963. A letra "Tristeza, por favor vá embora / Minha alma que chora..." foi composta em parceria com Haroldo Lima e regravada diversas vezes desde então.

sábado, 10 de fevereiro de 2018

COMPOSITOR DE TRILHAS FAMOSAS, JOHAAN JOHANNSSON MORRE AOS 48 ANOS

Johann Johannsson, compositor e produtor islandês que combinou sons clássicos e eletrônicos modernos nas aclamadas trilhas sonoras de "A Teoria de Tudo" e "Sicario" morreu aos 48 anos. Ainda não se sabe a causa da sua morte.

Nascido em Reykjavík, na Islândia, Johannsson iniciou sua carreira como um guitarrista de rock. 

Ele venceu um Globo de Ouro e recebeu indicações ao Grammy e ao Oscar por seu trabalho em "A Teoria de Tudo", o filme de 2014 estrelado por Eddie Redmayne como o físico Stephen Hawking. 

O compositor também foi nomeado ao Oscar de 2015 pelo filme "Sicario" e ao Globo de Ouro, ao BAFTA e ao Grammy por seu trabalho em "A Chegada", de 2016. 

No ano passado, ele trabalhou com Darren Aronofsky em "Mãe!", estrelado por Jennifer Lawrence. 

Johannsson também gravou vários discos, incluindo "Fordlandia" e "Orphee".

CARNAVAL NO MCB


SESC CADEIÃO CULTURAL TEM CARNAVARTE


AGENDA DE GEORGE ISRAEL


ACELerando 2018: CARNAVAL DA ACEL


SAMBA E FEIJOADA NO GREMINHO LONDRINA

 O evento é no domingo e custa R$ 10,00

Local: Rua Tremembés, 1.000

Contato: https://www.facebook.com/search/top/?q=nereu%20pereira

PRÊMIO SESC DE LITERATURA 2018

Informações:
a) Voltado a autores residentes no Brasil
b) Livros Inéditos - Romances / Contos
c) Inscrição pela internet (conforme o Regulamento)

Premiação:
I) Publicação

Prazo: 16 de fevereiro de 2018


Organização:
SESC – Serviço Social do Comércio
Editora Record

Contato - Mais informações e Dúvidas:
literatura@sesc.com.br

Regulamento:
http://www.sesc.com.br/portal/site/premiosesc/Edital/

http://www.sesc.com.br/premiosesc/edital/edital2018.pdf

CULTURA DE LONDRINA ABRE EDITAL DE PROJETOS INDEPENDENTES

A Secretaria Municipal de Cultura (SMC) abre inscrições para o processo de seleção de bolsistas que vai até 15 de março, para desenvolvimento de projetos de estudo e pesquisa, no âmbito dos Projetos Culturais Independentes. Os trabalhos selecionados serão beneficiados pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PROMIC), e devem iniciar em 2018 com prazo de execução até março de 2019.

culturaPO edital para seleção de projetos nº 002/2018, foi publicado na edição nº 3.457 do Jornal Oficial do Município desta sexta-feira (9). O documento pode ser acessado na página do Portal da Prefeitura, no link https://goo.gl/C27UJK.

A concessão de bolsas para execução dos Projetos Culturais Independentes foi viabilizada pela Lei Municipal 12.638/2017. Essa legislação permite que o Município conceda bolsas de estudo e pesquisa para o desenvolvimento de projetos ambientais, tecnológicos, culturais e de inovação.


O edital de Projetos Independentes do Promic está oferecendo 78 bolsas de estudo e pesquisa. Os projetos inscritos devem se enquadrar em uma das seguintes linhas do edital: Criação/Produção; Circulação/Difusão, nos formatos Circulação Livre, Circuito municipal e Intercâmbio; Atividades Formativas; Preservação do Patrimônio Material e Imaterial; e Iniciação Artística.

O montante total de recursos disponibilizado para os Projetos Independentes é de R$1.600.000,00, advindos do Fundo Especial de Apoio a Projetos Culturais. Os valores foram divididos da seguinte forma, para cada uma das linhas: 16 bolsas em Criação/Produção, totalizando R$330.000,00; 36 bolsas em Circulação/Difusão, com total de R$900.000,00; 11 bolsas de Formação, total de R$170.000.00; 5 bolsas de Preservação do Patrimônio Material e Imaterial, no valor total de R$ 130.000,00; e outras 10 bolsas em Iniciação Artística, que totalizam R$ 70.000,00.

Estas bolsas serão concedidas para as áreas culturais contidas na Lei 8.984/2002, que são Artes de Rua, Artes Plásticas, Artes Gráficas, Artesanato, Cultura Integrada e Popular, Circo, Dança, Música, Teatro, Fotografia, Literatura, Mídia, Patrimônio Cultural e Natural, e Hip Hop. As áreas de Cinema e Videografia serão objeto de edital específico.

A proposta do projeto pode ser integrada a mais de uma área, desde que a indicação da área preponderante conste no Plano de Trabalho. E cada proponente terá direito a apenas uma bolsa.
Inscrições – Poderá se inscrever ao edital de Projetos Independentes produtores culturais pessoa física, com idade igual ou superior a 18 anos. No caso de inscrição de coletivos culturais, será preciso indicar um representante pessoa física, com o currículo do coletivo. Os proponentes devem estar cadastrados no portal Londrina Cultura, disponível no link www.londrinacultura.londrina.pr.gov.br

Para a inscrição, cada proponente deverá entregar, no período de 14 de fevereiro a 15 de março, envelope lacrado contendo uma via do Plano de Trabalho, devidamente preenchido e assinado; documentação do proponente e do projeto, conforme exigido pelo edital.

O envelope deve ser entregue na sala da Diretoria de Incentivo à Cultura da SMC, localizada na Praça Primeiro de Maio, 110, centro. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 12 às 18 horas.
O Plano de Trabalho e demais documentos exigidos pelo edital 002/2018 estão disponibilizados na página da Secretaria Municipal de Cultural, no Portal da Prefeitura de Londrina, e podem ser acessados pelo link www.londrina.pr.gov.br/promic/editais. Os documentos e formulários também podem ser solicitados através do e-mail promic.cultura@londrina.pr.gov.br, ou gravação em pendrive, que deve ser fornecido pelo proponente.

Processo de seleção – As propostas recebidas dentro do período de inscrição serão analisadas por membros da Comissão de Análise de Projetos Culturais, com base nos critérios indicados na lei municipal nº 8.984/2002 e no decreto municipal nº 35/2018. Dentre eles, a relação custo-benefício, importância para a cidade, criatividade, clareza e coerência nos objetivos, e outros.

Os proponentes de projetos selecionados deverão firmar termo de compromisso cultural com a Prefeitura de Londrina. A documentação exigida para celebrar o termo precisa ser apresentada em até 10 dias úteis após a publicação do edital de bolsistas selecionados.

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

MORRE ZECA BAHIA, COMPOSITOR DE PORTO SOLIDÃO

O cantor e compositor Zeca Bahia morreu, aos 67 anos, em decorrência de uma falência múltipla dos órgãos, na noite de terça-feira (6), em Bom Jesus da Lapa, oeste da Bahia. O enterro foi na tarde da quarta (7). 

José Ramos Santos, nome de batismo de Zeca Bahia, era natural de Bom Jesus da Lapa. Ele foi o autor da música 'Porto Solidão', interpretada por Jessé, na decada de 1980. Além disso, ele teve canções interpretadas por outros cantores, como Daniel e Fagner. 


O álbum mais recente do compositor foi O outro lado da moeda, no qual incluiu músicas inéditas e outras consagradas, como Porto solidão, Ave coração, Velho demais e Estrela.

domingo, 4 de fevereiro de 2018

POETA VAGNER XAVIER: ENTREVISTA PARA O BLOG ARTE BRASIL

O poeta e grande ativista cultural Vagner Xavier novamente é entrevistado pelo blog Arte Brasil, para alegria dos nossos leitores.

Xavier, que atualmente mora em Florianópolis está com um novo e aguardado livro: CÉU DE CHUMBO e aqui, ele conta um pouco sobre este trabalho, seus projetos e expectativas para 2018:




Blog (Aldo Moraes): Vagner é uma satisfação ter você novamente em nosso blog.

Fale um pouco da sua relação com a literatura:

É um prazer enorme poder participar desta entrevista com vocês, então minha relação com a literatura começou o ano de 2008 quando realmente comecei a escrever poesias, dando início aí no norte do Paraná e consolidando aqui em Santa Catarina, escrevi diversas poesias, de onde saiu o meu primeiro livro, Mais uma noite lançado pela editora carioca Multifoco em 2012.

b)      Fale um pouco sobre sua historia e suas andanças:

Sabe, eu me dedico muito pra literatura, e a literatura já me levou em lugares sensacionais como Rio de Janeiro, São Paulo, Petrópolis, Curitiba, e os poemas já viajaram por países como, Argentina, Suíça, Portugal, Espanha, e faço esse eixo, Paraná, Santa Catarina devido ao meu trabalho com hotelaria, como tenho sangue cigano eu sempre estou na estrada, como o Jack Kerouac.

Minha história é fácil, sou o Vagner, tenho 34 anos, nascido no Paraná, estudei o fundamental e ensino médio no Paraná, estudei Turismo na Unifil, e esse ano faz 10 anos que estou nesse lema Floripa/Londrina que acredito que tenha um final feliz, talvez fique de vez nesta ilha, mas nunca se sabe, quando a estrada é o seu lar.

c)      Vagner, o que o leitor pode esperar do seu novo livro Céu de chumbo?


Podem esperar o meu melhor livro nesses últimos anos, um livro Beat, um sonho americano, sexo, amor, violência, álcool, coisas simples do cotidiano, influência de Bukowski e Kerouac evidentes em vários poemas, além de uma forte influência russa, um livro com muita prosa poética, não percam a chance, comprem o livro!

d)      Destaque algum ou alguns poemas, em especial, em seu livro:

Monomotor, Chicago e O que há de errado comigo, são meus textos favoritos do livro.

e)      Você tem uma rotina de criação ou é um processo espontâneo? E como é?

Minha rotina é escrever quando estou afim ou inspirado, sem rituais ou horários como muitos escritores citam por aí, eu escrevo quando estou afim.

f)       Fale sobre as perspectivas com o novo trabalho (lançamento, divulgação, concursos, entrevistas)

Então estou tentando montar uma programação de lançamentos do Céu de Chumbo, mas já temos data e local para lançamento, será no dia 22/03/18, Residencial Red Park, nos Ingleses do Rio Vermelho, evento Quintall, organizado por Ana Luiza Brasil grande ativista cultural em Florianópolis, mas estou tentando um lançamento em Curitiba pra Fevereiro, tenho falado constantemente com Álvaro Posselt e Cassandra Joerke, grande amigos e parceiros de literatura, então pode ser quem em Fevereiro, lançamos ele na Capital paranaense, ainda sem data e projetos estou com o varal do Capitão Voltou, varal de poesias curtas que o pessoal aqui em Santa Catarina também assimilou muito bem, eles tem curtido bastante, da mesma forma de quando ele era feito aí no Paraná.

g)      Para finalizar, como você enxerga a presença da poesia no mundo moderno e na vida cotidiana

A poesia tem evoluído e se modernizando com o passar dos anos, mas ainda é preciso muito trabalho, temos muito que evoluir, principalmente no Brasil, pois na Europa, Estados Unidos, Reino Unido, e países europeus como França, Portugal a literatura está muito mais avançada, mas isso é cultural, até mesmo na Argentina, vejo eles mais avançados neste aspecto, então isso deve ser ensinado nas escolas, ter matérias específicas sobre isso desde o ensino fundamental, médio, valorizar os poetas brasileiros e a nova vanguarda, mais investimento na cultura, ou seja é necessário evolução e desenvolvimento, na Europa os caras respiram literatura e poesia e isso teria que ser assim também no Brasil mas isso como citei é um aspecto cultural, aqui respiramos Futebol, Samba e lá no exterior literatura, pode ser por isso que são muito mais avançados que nós.

sábado, 3 de fevereiro de 2018

ATOR E DIRETOR OSWALDO LOUREIRO MORRE AOS 85 ANOS

O ator e diretor Oswaldo Loureiro morreu neste sábado, aos 85 anos. Ele sofria de Alzheimer. Em seus perfis no Facebook, a filha do ator, Claudia, e a sobrinha, Mônica, lamentaram a morte.

Nascido em 1932, no Rio de Janeiro, Oswaldo Loureiro atuou em mais de vinte novelas na Globo.
Entre elas, foi destaque em "Sangue e Areia" (1968) e "Véu de Noiva" (1969), de Janete Clair, "Roque Santeiro" (1985), de Dias Gomes, e "Que Rei sou Eu?" (1989), de Cassiano Gabus Mendes. 

Como diretor, colaborou com o seriado "O Bem-Amado" (1980-1985), o humorístico "Os Trapalhões" (1982-1988), e o programa de variedades "Batalha dos Astros" (1983). 

Oswaldo veio de uma família de artistas: a mãe era cantora lírica, o pai, jornalista e ator; as irmãs, bailarinas do Theatro Municipal. 

Sua estreia profissional foi em 1955, aos 23 anos, quando integrava a companhia de teatro de Henriette Morineau, na peça Vestido de Noiva - famosa montagem de Nelson Rodrigues. 

No cinema, atuou em mais de 30 filmes, como "O beijo no asfalto" (1981) e "O homem nu" (1968).
Sua última novela foi "A lua me disse", de 2005.

BLOCO BAFO QUENTE APRESENTA "O CARNAVAL É O ANO TODO"


quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

FEVEREIRO 2018: AGENDA DO CANTOR MOYSES MARQUES



BAILINHO DO PLANTÃO NO CARNAVAL DE LONDRINA



ÓPERA DE LUTO: MORRE LAURO MACHADO COELHO

Jornalista, crítico musical, tradutor e professor, Lauro Machado Coelho morreu nesta quinta-feira, 31, aos 74 anos. Com passagens por diversos veículos de imprensa, ele foi crítico de música clássica e ópera do jornal O Estado de S. Paulo, e autor da coleção História da Ópera. Seu velório será realizado hoje, 1º, entre 21h e meia-noite, e amanhã, 2, das 7h ao meio-dia, no Theatro São Pedro.

Nascido em Minas Gerais, Machado Coelho iniciou sua trajetória profissional em São Paulo. No Jornal da Tarde, trabalhou na cobertura internacional e foi crítico de cinema, além de colaborador do Caderno de Sábado. Em meados dos anos 1990, foi coordenador dos corpos estáveis do Teatro Municipal de São Paulo. Em seguida, integrou a equipe da revista Época e, entre 2000 e 2011, assumiu a função de crítico do Caderno 2 do Estado. Foi também apresentador da Rádio Cultrura FM.

A paixão de Machado Coelho pela ópera seria transformada, no final dos anos 1990, na publicação, pela editora Perspectiva, da coleção História da Ópera, com mais de dez volumes sobre o gênero em períodos e países distintos. Também pela Perspectiva, lançou, em 2006, Shostakovich: Vida, Música e Tempo. Já pela editora Algol, publicaria volumes dedicados a Liszt, Bartók, Bruckner e Sibelius.

Machado Coelho aliava o conhecimento musical à preocupação de inserir a criação artística em seu tempo, entendendo a arte como ponto de referência para a descoberta e a compreensão da experiência humana. Sempre com linguagem clara, como anotou o crítico Décio de Almeida Prado em texto de 1999: “Ele é um fenômeno raro: a pessoa competente num determinado setor do conhecimento humano que não escreve tendo em vista apenas pessoas igualmente competentes nesse mesmo setor”.

Como tradutor, Machado Coelho foi responsável pela edição de um volume de poemas da russa Anna Akhmátova (L&PM), que seria tema da biografia Anna: a Voz da Rússia.