quarta-feira, 31 de maio de 2017

CONJUNTO RETRATOS EM MAIS UMA EDIÇÃO DO PROJETO CHORO NA MANHÃ

No próximo Domingo (04 de Junho) às 11h00 reserve a manhã para estamos juntos em mais uma edição do projeto Choro na Manhã, evento mensal realizado a 10 anos pelo Conjunto Retratos e que conta com a participação de vários músicos convidados.

No repertório permeia entre os clássicos do choro as músicas menos conhecidas da música instrumental. A entrada é gratuita e antes da apresentação o conjunto oferece um café da manhã ao público presente.

DOMINGO | 04 DE JUNHO DE 2017 - 11H00 | ENTRADA GRATUITA
AUDITÓRIO DO CENTRO CULTURAS NEGRAS DO JABAQUARA
Rua Arsênio Tavolieri n.º 45 - Jabaquara  São Paulo/SP
(Próximo a Estação Jabaquara do Metrô)
Informações (11) 5011-2421 - Quantidade de lugares: 300

Curta nossa página: www.facebook.com/conjuntoretratoschoro

Contamos com sua presença!


Alex Mendes
(11) 9.8653-9603 (TIM/Wzapp)

Orquestra de Sopros Pro Arte faz show do CD DUAS SANFONAS E UMA ORQUESTRA com os acordeonistas Marcelo Caldi e Kiko Horta, no sábado, 03 de Junho, na Sala Cecília Meireles

Após inesquecíveis apresentações, ano passado, no Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas, em Santa Teresa, no Festival de Inverno do Sesc Rio, no Circo Voador e na Casa do Choro, a Orquestra de Sopros Pro Arte volta a apresentar o repertório do CD “Duas Sanfonas e Uma Orquestra”, trazendo à frente os consagrados acordeonistas cariocas Marcelo Caldi e Kiko Horta, ambos pianistas de formação, celebrando, juntos, os grandes mestres do fole nordestino, Sivuca, Dominguinhos e Luiz Gonzaga, cujas obras são revisitadas em arranjos contemporâneos. Desta vez, todos subirão ao palco da Sala Cecília Meireles, Lapa, no sábado, dia 03 de junho, às 20h.

O disco, com direção musical de Raimundo Nicioli, Lourenço Vasconcellos e Claudia Ernest Dias, contou com o patrocínio da Petrobras, do Governo do Rio de Janeiro e da Secretaria de Estado de Cultura, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro.

Resgatando a matriz nordestina na formação da música brasileira, “Duas Sanfonas e Uma Orquestra” reúne também obras autorais dos acordeonistas e de Raimundo Nicioli, um dos diretores da Orquestra, numa dimensão orquestral e grandiosa, e ao mesmo tempo de forte apelo popular.

 O disco abre com “Forró Transcendental”, composição e arranjo de Kiko Horta, cujas tintas nordestinas já dão o tom das releituras por vir: “Homenagem a Velha Guarda”, de Sivuca (arranjo de Mário Féres),  e “Baião da Garoa”, de Luiz Gonzaga e Hervê Cordovil (arranjo de Marcelo Bernardes). “Homenagem a Dominguinhos”, de Marcelo Caldi, e “Baião pro Hermeto”, de Raimundo Nicioli, trazem arranjos sofisticados, assinados pelos próprios compositores.  Com arranjo de Bia Paes Leme, “Colo de Ignez”, de Kiko Horta, tece um doce choro, e “Lembrei do Ceará”, outra composição de Marcelo Caldi, retoma a festividade com maracatu e baião. Caldi assina também os arranjos de “Retrato da Vida”, de Djavan e Dominguinhos, essa faixa conta com a participação especial do cantor Marcelo Mimoso, enquanto Fábio Luna assina o de “Cabaceira Mon Amour”, de Sivuca. “De onde vem o baião”, de Gilberto Gil e arranjo de Bebel Nicioli, encerra o disco cujo traço principal é reunir influências tradicionais, em diálogo com o virtuosismo e o refinamento, numa linguagem acessível ao grande público.

Pérolas de um legado tão caro à cultura nordestina são revisitadas neste CD em sua grandiosidade orquestral, em sua potência máxima, expandida em flautas, saxofones, trombones, clarinetes, percussões...no encontro de duas sanfonas com uma Orquestra!

Caminhos da Orquestra de Sopros Pro Arte

A Orquestra de Sopros Pro Arte, formada por jovens estudantes de música, foi criada por Tina Pereira em 2004, no âmbito do projeto Flautistas da Pro Arte que conta com o Patrocínio da Petrobras há 22 anos.

Dedicando cada ano à obra de um compositor da MPB, a Orquestra dirigida por Tina Pereira estreou com composições de Baden Powell e apresentou nos anos seguintes Moacir Santos, Radamés Gnattali, Villa-Lobos , Egberto Gismonti , Luiz Eça e Garoto.

 Em 2009 Raimundo Nicioli e Fernando Trocado assumiram a direção da Orquestra que desde então apresentou composições de Djavan, Guinga, Gilberto Gil e João Bosco, sendo que esses três últimos compositores fizeram participação especial nos shows da Orquestra. 

Em 2014 a Orquestra de Sopros Pro Arte gravou o seu segundo CD, “Festejo”, que contou com as participações especiais dos artistas já homenageados pelo projeto, Egberto Gismonti, Guinga, Gilberto Gil, João Bosco. Lançado em 2015 com boa recepção da crítica especializada, o CD fez parte das celebrações dos 25 anos de atividades do projeto Flautistas da Pro Arte. Nesse mesmo ano a Orquestra homenageou o cantor e compositor alagoano Djavan.
 
KIKO HORTA E MARCELO CALDI
 
Expoente da nova geração instrumental brasileira, Kiko Horta vem atuando como acordeonista,pianista, compositor, arranjador ao lado de grandes nomes da música brasileira. Já gravou e se apresentou com Wagner Tiso, Guinga, Orquestra Petrobrás Sinfônica, Yamandu Costa, Martinho da Vila, Dona Ivone Lara, Paulo Moura, Joel Nascimento, Mauro Senise, Carlos Malta, Mauricio Carrilho, Paulo Sérgio Santos, Zeca Pagodinho, Henrique Cazes, Orquestra de Sopros da Pro Arte, Gabriel Improta, Beth Carvalho, Hamilton de Holanda entre outros.

 
Já Marcelo Caldi integra também o grupo LiberTango, dedicado a Astor Piazzolla e à música portenha, juntamente com a mãe Estela Caldi, o irmão Alexandre e o cantor Marcelo Rodolfo. Juntos, lançaram "Porteño" (2010, Delira), "Cierra tus ojos y Escucha" (2008, Delira) e "A Música de Artor Piazzolla" (2005, Delira). Marcelo Caldi também faz parte do Grupo Vocal BR6, considerado uma das melhores formações à capela do mundo, segundo o Contemporary A Cappella Recording Award, através do qual lançou "Here to Stay" (2008, Biscoito Fino) e "BR6" (2004, Biscoito Fino). Em doze anos de carreira, participou de shows e gravações ao lado dos maiores nomes da música como Chico Buarque, Elza Soares, Simone, Zeca Pagodinho, Geraldo Azevedo, Mart'nália, Zélia Duncan, Wando, Yamandú Costa, Hamilton de Holanda, Léo Gandelman, entre muitos outros
 
 
Serviço
03 de junho, sábado -  Orquestra de Sopros Pro Arte apresenta o CD Duas Sanfonas e Uma Orquestra, com Marcelo Caldi e Kiko Horta na Sala Cecília Meireles
Local: Sala Cecília Meireles
Horário: 20h
Endereço: Largo da Lapa, 47, Centro – Rio de Janeiro
Ingressos: R$ 40,00 e R$ 20,00 (À venda na bilheteria da Sala ou pelo site Ingresso.com.)
Informações: 21 2332-9223 e 2332-9224
Capacidade: 660 lugares
Faixa etária: livre
 
 
Repertório- Duas Sanfonas e Uma Orquestra

FORRÓ TRANSCENDENTAL
Kiko Horta
arranjo: Kiko Horta

HOMENAGEM À VELHA GUARDA
Sivuca
arranjo: Mário Féres

BAIÃO DA GAROA
Luiz Gonzaga e Hervê Cordovil
arranjo: Marcelo Bernardes

HOMENAGEM A DOMINGUINHOS
Marcelo Caldi
arranjo: Marcelo Caldi

BAIÃO PRO HERMETO
Raimundo Nicioli
arranjo: Raimundo Nicioli

COLO DE IGNEZ
Kiko Horta
arranjo : Bia Paes Leme

LEMBREI DO CEARÁ
Marcelo Caldi
arranjo: Marcelo Caldi

RETRATO DA VIDA
Djavan e Dominguinhos
arranjo: Marcelo Caldi

CABACEIRA MON AMOUR
Sivuca
arranjo: Fabio Luna

DE ONDE VEM O BAIÃO
Gilberto Gil
arranjo: Bebel Nicioli

 
GILBERTO GIL - “É uma honra encontrar um grupo que se dedica a isso! (...), levar as coisas do passado para hoje, consolidando o elenco de canções, figuras, gêneros musicais, (...) - a descoberta e o cultivo de novos talentos – poder fazer parte disso é tudo o que a gente sonha!” - https://vimeo.com/125073975
 
GUINGA - “A Orquestra de Sopros Pro Arte representa uma esperança prá gente. É uma prova de que nem tudo está perdido e de que há um Brasil que dá certo”. https://www.youtube.com/watch?v=p_U8Un_g0NU
 
Links:
 
Soundcloud Duas Sanfonas e Uma Orquestra
 
Forró Transcendental no Festival de Inverno do Sesc Rio, em Agosto de 2016
 
https://www.youtube.com/watch?v=3k_58F9LYHw - Orquestra de Sopros Pro Arte e João Bosco
https://www.youtube.com/watch?v=aVq-Iehl5Eg - Orquestra de Sopros Pro Arte e Carlos Malta
https://www.youtube.com/watch?v=xn1iQYD8zpA - Orquestra de Sopros Pro Arte e Julia Vargas
https://www.youtube.com/watch?v=dQ4a7s7u_EM  - Orquestra de Sopros Pro Arte com Gil
    

EDITAL DOMINGO TEM TEATRO INCENTIVA A PRODUÇÃO DE PEÇAS NO PARANÁ

Com o objetivo de valorizar e incentivar a produção cultural dos grupos teatrais paranaenses destinada ao público infanto-juvenil e garantir o acesso de crianças e adolescentes a opções de lazer e entretenimento saudáveis, de qualidade e de relevância artística, a Secretaria de Estado da Cultura lança o edital 2017 do projeto Domingo tem Teatro.

O edital vai selecionar e premiar até 40 espetáculos de teatro para crianças e adolescentes. A previsão é promover 80 apresentações distribuídas pelas 8 macrorregiões do Estado.

Confira o regulamento completo:

http://www.cultura.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=1264

EDITAL DO IX CONCURSO JOVENS MÚSICOS NO MUSEU

Desde o início de Música no Museu, e aí já se passam mais 20  anos, oferecemos espaços aos jovens músicos. Trata-se de uma filosofia que não se limita apenas a promover apresentações, mas dinamizar e expandir as atividades musicais a outros níveis. Se não somos pioneiros, somos, sim, constantes nesta prática e, talvez, a única série que mescla, quase que em igualdade de condições, jovens e nomes de expressão, mas, claro, dando-lhes o verdadeiro valor e hierarquia. Só em 2008 realizamos 503 concertos, em 2009, foram 532 - um recorde - e cerca de 30% foram destinados a estudantes e músicos recém-formados, assim como em 2010, com 502 concertos realizados e de 2011 até 2016 mantivemos a média de 450 concertos com o mesmo percentual de 30% dedicado aos jovens músicos
Para os jovens que almejam uma carreira profissional no campo da música clássica, os concursos se apresentam como um dos meios mais eficazes para seu desenvolvimento artístico. Constituem excelente motivação para que se entusiasmem com o trabalho e com a performance, fatores imprescindíveis para seu crescimento. Consideramos ainda, que, com a possibilidade de um reconhecimento público, possam-lhes gerar conquistas de novas posições no cenário artístico nacional ou mesmo internacional.
O IX  Concurso Jovens Músicos-Música no Museu é uma iniciativa que tem por objetivo incentivar e promover oportunidades para estes promissores músicos, um verdadeiro investimento cujo  resultado será a revelação  p de novos talentos. E continuamos com bons apoios, assegurando-se uma bolsa de estudos em uma centenária universidade americana, a JAMES MADISON UNIVERSITY, o que dá ao concurso uma dimensão internacional.
Sérgio da Costa e Silva
Diretor de Música no Museu e criador do concurso.
Rio de Janeiro, 20 de abril  de 2017


IX Concurso Jovens Músicos - MÚSICA NO MUSEU


A
).
APRESENTAÇÃO
Desde o início de Música no Museu, e aí já se passam 20 anos, oferecemos espaços aos jovens músicos. Trata-se de uma filosofia que não se limita apenas a promover apresentações, mas dinamizar e expandir as atividades musicais a outros níveis. Se não somos pioneiros, somos, sim, constantes nesta prática e, talvez, a única série que mescla, quase que em igualdade de condições, jovens e nomes de expressão mas, claro, dando-lhes o verdadeiro valor e hierarquia. Só em 2008 realizamos 503 concertos, em 2009, foram 532 - um recorde - e cerca de 30% foram destinados a estudantes e músicos recém-formados, assim como em 2010, com 502 concertos realizados e de 2011 até 2016 mantivemos a média de 450 concertos com o mesmo percentual de 30% dedicado aos jovens músicos.
Para os jovens que almejam uma carreira profissional no campo da música erudita, os concursos se apresentam como um dos meios mais eficazes para seu desenvolvimento artístico. Constituem excelente motivação para que se entusiasmem com o trabalho e com a performance, fatores imprescindíveis para seu crescimento. Consideramos ainda, que, com a possibilidade de um reconhecimento público, possam-lhes gerar conquistas de novas posições no cenário artístico nacional ou mesmo internacional.
O IX Concurso Jovens Músicos - Música no Museu é uma iniciativa que tem por objetivo incentivar e promover oportunidades para estes promissores músicos, um verdadeiro investimento cujo resultado poderá ser a revelação de novos talentos. E continuamos com bons apoios, assegurando-se uma bolsa de estudos em uma centenária universidade americana, a JAMES MADISON UNIVERSITY, o que dá ao concurso uma dimensão internacional.
A novidade desta versão é a inclusão do canto solo ao lado do instrumental que vinha predominando nas versões pretéritas.
Sérgio da Costa e Silva, diretor de Música no Museu e criador do concurso.
Rio de Janeiro, 20 de abril  de 2017.

CRONOGRAMA

INSCRIÇÕES: Até 30 de junho de 2017.
ELIMINATÓRIA: Divulgação do resultado em setembro de 2017.
CONFIRMAÇÃO: Os candidatos aprovados para a semifinal devem confirmar sua presença até 15 de outubro de 2017.
SEMIFINAL e FINAL: Outubro/Novembro   de 2017. (datas e horários a serem informados posteriormente).


               REGULAMENTO

CAPÍTULO 1 - INSCRIÇÕES

1.1 Poderão se inscrever candidatos brasileiros (ou estrangeiros residentes há pelo menos dois anos no Brasil) com idade inferior ou igual a 28 anos completos até o dia 31 de dezembro de 2017.

1.2 As inscrições serão aceitas a partir da divulgação deste regulamento até a data de 30 de junho de 2017, impreterivelmente, considerando a data de postagem do correio.

1.3 Podem se candidatar intérpretes especializados nos seguintes instrumentos:
        a) cordas: Violino, Viola, Violoncelo, Contrabaixo, Violão e Harpa;
        b) sopros: Flauta, Flautim, Oboé, Corne Inglês, Saxofone, Clarineta, Clarone, Requinta, Fagote, Trompa, Trompete, Trombone e Tuba;
        c) Piano
                    d)Percussão
além de
          e) Canto Solo..
                    

1.4 Os candidatos deverão enviar por SEDEX o material para a inscrição, que deve conter os seguintes itens:
        a) ficha de inscrição preenchida;
        b) cópia do documento de identidade e cpf;
        c) gravação autêntica, sem edições, do repertório da prova ELIMINATÓRIA em DVD. Imagem e som serão analisados. O DVD pode ter menu e as músicas podem ser gravadas em separado. Não pode haver, no entanto, cortes e emendas no decorrer de cada música;
        d) programa completo com a ordem das  músicas escolhidas para as provas eliminatória, semifinal e final. Este programa não poderá ser modificado posteriormente.
        e) breve currículo artístico e uma foto de boa qualidade (em papel ou arquivo eletrônico com resolução de 300dpi) para fins de impressão.

        ENDEREÇO: 

           IX Concurso Jovens Músicos - Música no Museu
CARPEX EMPREENDIMENTOS E PROMOÇÕES
Praça Pio X, 55 / sala 202 - Centro
CEP 20040.020  Rio de Janeiro - RJ

1.5 O ato da inscrição implica na total aceitação deste regulamento.

CAPÍTULO 2 – PROVAS

2.1  ELIMINATÓRIA –  DVD com duração total entre 10 e 15 minutos, contendo som e imagem do candidato executando o seguinte repertório:
a) uma (ou mais) obra(s) de autor brasileiro de livre escolha;
b) uma (ou mais) obra(s) de autor estrangeiro de livre escolha.
2.1.1 Todos os candidatos aprovados para a etapa SEMIFINAL devem confirmar sua participação até 30 de setembro  de 2017.

2.2  SEMIFINAL - Apresentação pública na série “Música no Museu”, com duração mínima de 10 minutos e máxima de 15 minutos, com o seguinte repertório:

a) uma (ou mais) obra(s) de autor brasileiro de livre escolha;
b) uma (ou mais) obra(s) de autor estrangeiro de livre escolha.

OBSERVAÇÃO: O candidato não poderá reapresentar as obras escolhidas para a Eliminatória.

2.3 FINAL – Apresentação pública na série “Música no Museu”. Pequeno recital com duração total entre 20 e 25 minutos, com o seguinte repertório:
a) uma obra de autor brasileiro de livre escolha;
b) obra(s) de livre escolha.

IMPORTANTE: Nesta etapa, o candidato não poderá reapresentar nenhuma das obras executadas nas etapas anteriores. O candidato deve cumprir o programa enviado no ato da inscrição, não sendo permitidas modificações posteriores.
2.4 Perderá pontos o candidato que não observar os limites mínimo e máximo de duração das provas, em quaisquer etapas do concurso.
2.5 A apresentação dos candidatos se dará por ordem alfabética, de acordo com a categoria instrumental. Os instrumentistas de cordas iniciam as provas, seguidos dos sopros e dos pianos.
2.6 Movimentos de sonata ou danças de suítes podem ser apresentados isoladamente.
2.7 O candidato deverá se responsabilizar pelo acompanhamento ao piano, se o repertório assim o exigir.
2.8 Os candidatos pianistas deverão montar seu repertório exclusivamente com obras para piano solo.
2.9 Os candidatos percussionistas aprovados deverão trazer seus próprios instrumentos e se responsabilizar pelo transporte e montagem dos mesmos. O concurso não se compromete a fornecer instrumental de percussão para as provas. Porém, o candidato deve consultar a organização do concurso quanto à disponibilidade ou não de instrumentos de percussão no local da prova.
2.10 Hora, data e local das provas semifinal e final serão comunicados em tempo hábil aos candidatos e amplamente divulgados pela imprensa.
CAPÍTULO 3 - JULGAMENTO
3.1 Os candidatos serão avaliados por um júri composto por especialistas de reconhecida e inquestionável competência no meio musical.
3.2 Os candidatos que obtiverem maior média na prova Eliminatória estarão classificados para a etapa Semifinal. Poderão ser convocados suplentes (em ordem decrescente de classificação) para os casos de desistência ou impedimento.
3.3 Os candidatos que obtiverem a maior média na etapa Semifinal estarão classificados para a fase Final.
3.4 O júri é soberano para decidir quantos candidatos vão para a etapa Final.
3.5 Não poderá integrar o júri o profissional que tiver aluno(s) ou parente(s) participando do concurso.
3.6 As decisões do júri não são passíveis de recurso nem apelação.
3.7 Os candidatos não poderão ter nenhum contato com os membros da banca, durante o concurso, sob pena de desclassificação.
CAPÍTULO 4 - PRÊMIOS
4.1 O 1o colocado terá agendado imediatamente um   concerto na Série Música no Museu e receberá  um cachê de R$3.000,00 (três mil reais).
4.2 O 2o colocado terá agendado imediatamente um   concerto na Série Música no Museu e receberá  um cachê de  R$2.000,00 (dois mil reais)
4.3 O 3o colocado terá agendado imediatamente um   concerto na Série Música no Museu e receberá  um cachê de R$1.000,00 (mil reais).

4-4- PRÊMIO ESPECIAL – Uma bolsa de estudos ("assistantship") para Mestrado (2 anos) ou para Doutorado (3 anos) concedida pela James Madison University (http://www.jmu.edu/music/) através da sua School of Music que tem o apoio da Steinway. O vencedor deste prêmio (que poderá, ou não, ser o vencedor do concurso) será escolhido por representante(s) dessa universidade americana, que integrará (ão) o júri da prova final.
Pré-requisito: o candidato deverá ser graduado (ou pós-graduado) e estar apto a atender às condições da instituição, tais como: bom desempenho escolar e prova de proficiência em inglês (TOEFL – Test of English as a Foreign Language). A James Madison University recomenda que o candidato agende o TOEFL com bastante antecedência. O candidato deve atingir no mínimo 570 pontos ou 88-89 pontos (internet).
ATENÇÃO: Todos os candidatos interessados na bolsa de estudos devem escrever EM INGLÊS um "statement of purpose" mencionando:
- quais são os seus alvos na carreira de música;
- quais são suas habilidades e características;
- qual a sua experiência como professor ou acompanhador (para pianistas);
- porque você seria um bom candidato para estudar na James Madison University.
Mande esse "statement of purpose" com uma cópia da sua ficha de inscrição preenchida para:
Dr. Paulo Steinberg,
James Madison University,
School of Music,
880 South Main Street,
HARRISONBURG. , VA, 22807,
Estados Unidos.

4.5 O júri poderá não conceder um ou mais prêmios se os candidatos não atingirem pontuação suficiente.
4.6 O júri poderá conceder prêmios especiais e menções honrosas também aos semifinalistas.
4.7 Outros prêmios ora em negociação poderão ser concedidos.
CAPÍTULO 5 – DISPOSIÇÕES GERAIS
5.1 Os casos não previstos neste regulamento serão resolvidos pela comissão organizadora.
Comissão Organizadora:
Presidente:
Sérgio da Costa e Silva – diretor de Música no Museu.
Membros:
Israel Menezes – Regente Titular da Orquestra Rio Camerata; regente convidado de orquestras no Brasil e em vários países.
Maria Célia Machado - Harpista, Mestre em Educação pela UFRJ, integra o Trio d’Ambrosio e a Orquestra Brasileira de Harpas – ambos projetos de sua autoria.
Maria Helena Andrade - Pianista,concertista internacional,  mestra em música pela UFRJ, professora dos Seminários de Música Pro Arte.
Miriam Grosman – Doutora pela Catholic University of America  (DMA), solista e camerista, concertista internacional, Professora Titular da Escola de Música da UFRJ
Licia Lucas- Pianista, concertista internacional, ex presidente da Academia Nacional de Música.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

FICHA DE INSCRIÇÃO

Nome:
Endereço:
Cidade:                           Estado:
CEP:
Telefone:                        Fax:                       
E-mail:
Data de nascimento:
Identidade no (anexar cópia):
CPF no (anexar cópia)
Instrumento:
Situação acadêmica (marque com um x):
(    ) não graduado;  
(    ) concluindo a graduação;
(    ) graduado;
(    ) concluindo o mestrado;
(    ) mestre;
(    ) outra (especifique): ______________________
Data e local de gravação do DVD:
PROGRAMA COMPLETO DAS PROVAS (autor/obra):
ELIMINATÓRIA:        A)___________________________________________________
                B) ___________________________________________________
SEMIFINAL:            A)___________________________________________________
                B) ___________________________________________________
FINAL:     A) ___________________________________________________
B) ___________________________________________________
C) ___________________________________________________
D) ___________________________________________________
E) ___________________________________________________
F) ___________________________________________________
_____________________________________________________________________________
DECLARAÇÃO:
(local) _____________________ , (data) ____ de _______________ de 2017.
Eu, ________________________________ (nome), declaro estar ciente e de acordo com as regras do regulamento do V Concurso Jovens Músicos - Música no Museu.
Ass. ___________________________________ (se menor de idade, assinatura do pai ou responsável).

PROCESSO ELEITORAL DO CONSELHO DE CULTURA DO PARANÁ ESTÁ CANCELADO

A Secretaria de Estado da Cultura informa o cancelamento do processo eleitoral para escolha dos representantes da sociedade civil no Conselho Estadual da Cultura (CONSEC). A detecção de uma possível falha no sistema de inscrição dos eleitores motivou a interrupção do processo.

No último fim de semana, dias 27 e 28 de maio, foram realizadas as eleições da macrorregião de Curitiba e Região Metropolitana, em Curitiba, e da macrorregião Litoral, na cidade de Antonina. Em ambas as cidades, alguns eleitores alegaram ter realizado suas inscrições, mas seus nomes não constavam nas listas de votação. Em razão da impossibilidade de comprovação do ocorrido, seja pela confirmação da inscrição ou negativa da inscrição, a SEEC decidiu pelo cancelamento do processo eleitoral.

O processo será reiniciado em breve com a publicação de um novo regulamento, que definirá as novas datas e procedimentos. A decisão visa dar total credibilidade e legitimidade aos escolhidos pela sociedade civil que virão a compor o Conselho Estadual da Cultura.
Fonte: SEEC

domingo, 28 de maio de 2017

VETTEL VENCE EM MONACO

Confira o resultado do GP de Mônaco:

1) Sebastian Vettel (ALE/Ferrari)
2) Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari)
3) Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-TAG Heuer)
4) Valtteri Bottas (FIN/Mercedes)
5) Max Verstappen (HOL/Red Bull-TAG Heuer)
6) Carlos Sainz (ESP/Toro Rosso-Renault)
7) Lewis Hamilton (ING/Mercedes)

8) Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari)
9) Felipe Massa (BRA/Williams-Mercedes)
10) Kevin Magnussen (DIN/Haas-Ferrari)
11) Jolyon Palmer (ING/Renault)
12) Esteban Ocon (FRA/Force India-Mercedes)
13) Sergio Pérez (MEX/Force India-Mercedes)

OUT) Lance Stroll (CAN/Williams-Mercedes)
OUT) Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso-Renault)
OUT) Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren-Honda)
OUT) Marcus Ericsson (SUE/Sauber-Ferrari)
OUT) Pascal Wehrlein (ING/Sauber-Ferrari)
OUT) Jenson Button (ING/McLaren-Honda)
OUT) Nico Hülkenberg (ALE/Renault)

A Fórmula 1 volta em duas semanas com o GP do Canadá, em Montreal.

FILME SUECO THE SQUARE GANHA A PALMA DE OURO, EM CANNES



Chegou ao fim o Festival de Cannes! Em uma mostra competitiva repleta de bons filmes, mas sem um favorito escancarado, o grande vencedor da Palma de Ouro foi o sueco The Square, dirigido por Ruben Östlund.

A premiação teve um forte lado hollywoodiano, com Nicole Kidman recebendo um prêmio especial pelo 70º aniversário do festival, Sofia Coppola o de melhor direção e a dupla Joaquin Phoenix e Diane Kruger faturando os prêmios de atuação. Confira a relação completa logo abaixo!

Palma de Ouro
The Square

Prêmio Especial de 70º Aniversário
Nicole Kidman

Grande Prêmio do Júri
120 battements par minute

Melhor Diretor
Sofia Coppola (O Estranho que Nós Amamos)

Melhor Ator
Joaquin Phoenix (You Were Never Really Here)

Melhor Atriz
Diane Kruger (In the Fade)

Prêmio do Júri
Loveless

Melhor Roteiro
The Killing of a Sacred Deer / You Were Never Really Here

Camera d'Or
Jeune Femme

Prêmio FIPRESCI
120 battements par minute

Palma de Ouro de curta-metragem
Xiao Cheng Er Yue
Menção Especial
Katto

sábado, 27 de maio de 2017

RAIKONEN SAI NA FRENTE, EM MONACO

1. Kimi Räillönen (Finlândia), Ferrari, 1:12.178
2. Sebastian Vettel (Alemanha), Ferrari, 1:12.221, a 0.043
3. Valtteri Bottas (Finlândia), Mercedes ,1:12.223, a 0.045
4. Max Verstappen (Holanda), Red Bull-TAG Heuer, 1:12.496, a 0.318
5. Daniel Ricciardi (Austrália), Red Bull-TAG Heuer, 1:12.998, a 0.820
6. Carlos Sainz Jr. (Espanha), Toro Rosso-Renault, 1:13.162, a 0.984
7. Sergio Pérez (México), Force India-Mercedes, 1:13.329, a 1.151
8. Romain Grosjean (França), Haas-Ferrari, 1:13.349, a 1.171
9. Daniil Kvyat (Rússia), Toro Rosso-Renault, 1:13.516, a 1.338
10. Nico Hülkenberg (Alemanha), Renault, 1:13.628, a 1.450
11. Kevin Magnussen (Dinamarca), Haas-Ferrari, 1:13.959, a 1.781
12. Lewis Hamilton (Grã-Bretanha), Mercedes, 1:14.106, a 1.781
13. Stoffel Vandoorne (Bélgica), McLaren-Honda, sem tempo
14. Felipe Massa (Brasil), Williams-Mercedes, 1:20.529, a 8.351
15. Esteban Ocon (França), Force India-Mercedes, 1:14.101, a 1.923
16. Jolyon Palmer (Grã-Bretanha), Renault, 1:14.696, a 2.518
17. Lance Stroll (Canadá), Williams-Mercedes, 1:14.893, a 2.715
18. Pascal Wehrlein (Alemanha), Sauber-Ferrari, 1:15.153, a 2.981
19. Marcus Ericsson (Suécia), Sauber-Ferrari, 1:15.276, a 3.098
20. Jenson Button (Grã-Bretanha), McLaren-Honda, sem tempo (penalizado)

SEMINÁRIO NO XII FESTIVAL DE CIRCO DE LONDRINA


ACIL 80 ANOS: CONCERTO DE RONEY MARCZAK


SABADÃO SERTANEJO, EM CAMBÉ


quinta-feira, 25 de maio de 2017

IMAGENS DA SEMANA

Donald Trump visitou o Papa Francisco esta semana e também outros lideres mundiais.


Obama se encontrou com Angela Merkel e afirmou que grandes nações não podem construir muros.

A Rainha Elisabeth visitou as vitimas do atentado a um show de Ariane Grande,em Manchester, na Inglaterra.

O fundador do facebook Mark Zuckerberg e o ator Earl Jones foram condecorados em Harvard.


ACADEMIA DE DANÇA MARQUINHOS FLAP É A MAIS LEMBRADA EM PESQUISA



A Escola de Dança Marquinhos Flap foi a mais lembrada nos quesitos “QUALIDADE DOS SERVIÇOS E ATENDIMENTO”.

A Líder Pesquisas fez uma pesquisa em Londrina-Pr. através de telefonemas nas residências, foram 290 ligações no mês de março/2017, 60% dos entrevistados na região “centro” 40% nos “bairros”, sendo 45% homens e 55% mulheres, faixa etária de até 17 anos 9%, de 18 a 25 anos 27%, de 26 a 35 anos 31%, de 36 a 45 anos 22% e acima de 46 anos 11%, pesquisa válida por 12 meses.

A Escola de Dança Marquinhos Flap foi a mais lembrada na categoria “Academia de Dança” atingindo o percentual de “41% dos entrevistados”.

INSTITUTO CULTURAL ARTE BRASIL RECEBE MATERIAL DA SAM 2017



E O XII FESTIVAL DE CIRCO CONTINUA...


CONSELHO ESTADUAL DE CULTURA DO PARANÁ FAZ AVALIAÇÃO DO MANDATO

Nesta terça-feira (23/05), foi realizada, em Curitiba, reunião de trabalho do Conselho Estadual da Cultura (CONSEC). Na pauta, um balanço das últimas ações da Secretaria de Estado da Cultura (SEEC), informações sobre as eleições dos representantes da sociedade civil para a próxima gestão do Conselho Estadual da Cultura (CONSEC) e da Comissão do Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (PROFICE). 12345Pausa Nesta terça-feira (23/05), foi realizada, em Curitiba, reunião de trabalho

CANTORA ADERLY SANTI É HOMENAGEADA EM SHOW, EM CURITIBA


Tributo à “dama do rádio de Curitiba” é a atração do Música na BPP desta sexta

Aderly Santi — A Dama do Rádio de Curitiba é o show que o violonista Cláudio Menandro apresenta nesta sexta-feira (26), às 18h, em mais uma edição do projeto Música na Biblioteca.

Acompanhado de um time de convidados da cena local, ele mostra o repertório do CD homônimo, composto por clássicos do samba e do choro interpretados pela cantora Aderly Santi (1933-2012) ao longo de sua carreira. O evento acontece no hall térreo, com entrada franca

terça-feira, 23 de maio de 2017

ARRAIÁ DO INSTITUTO AMAFIL EM JUNHO


*DIRETAMENTE DE BUENOS AIRES PARA LONDRINA:* *O MAIOR ESPETÁCULO DE TANGO DO MUNDO*

Dia 10 de Junho, Sábado, o elenco ORIGINAL da maior casa de Tango de Buenos Aires, a Sr. Tango, chega em Londrina para um verdadeiro show de música ao vivo, dança e a presença do cantor Argentino Fernando Soler (O ORIGINAL) interpretando os grandes clássicos. Os ingressos já estão disponíveis:
LONDRINA:
Tato Presentes - Shopping Catuaí
Mr. Cuca - Rua Sergipe, 1527
Pátio San Miguel - Av. Higienópolis, 762
Óticas Diniz: Rua Professor Joao Candido, 100
Óticas Diniz: Rua Souza Naves , 158 C
Óticas Diniz: Av. Sao Paulo, 187A
Óticas Diniz: Av Bandeirantes, 666
Óticas Diniz: Rua Sergipe, 428
Óticas Diniz: Av. Saul Elkind, 1760 - Shopping Saul Elkind

CAMBÉ:
Óticas Diniz

APUCARANA
Ótica Diniz - Loja 01: Rua Ponta Grossa, 1202

ARAPONGAS:
Ótica Diniz - Av. Arapongas, 580 - ARAPONGAS

ON-LINE: http://www.diskingressos.com.br/evento/5895

EUROPA OUVE A MÚSICA DE ANDERSEN VIANA

A música erudita brasileira será representada pelas obras do maestro Andersen Viana em concerto realizado na Itália. “Explorando o Brasil Musical” é o título do projeto dedicado à obra vocal de Andersen, que acontecerá no dia 26 de maio, às 21h, no Conservatório Lucio Campiani di Mantova, no município italiano de Mantova da Lombardia. Esta é a terceira vez em 2017 que o compositor tem obras executadas fora do Brasil. O evento terá entrada gratuita.

As composições musicais foram feitas em parceria com os poetas brasileiros Murilo Antunes, Rogério Zola Santiago, Romeu Sabará e Lívia Tucci. A proposta tem a curadoria da cantora e professora do Conservatório, Lorena Fontana, e conta com a participação dos alunos do curso de Jazz, do pianista Stefano Caniato, do violonista Matteo Noci, e dos percussionistas Simone Galuppo, Ivo Cavallo e Fabio Orlandelli.

No programa estão as obras Cora Cori e Pêndulo (sob poema de Rogério Zola Santiago);  Por um Fio!, Gráfico, Extremos da Cor e Terapêutico (sob poema de Lívia Tucci), BH é 100 (com letra de Murilo Antunes); José e Maria (sob poema de Romeu Sabará), Despertar e Canção pra Gente (letra de A. Viana).

Em janeiro, outras três obras do compositor também foram interpretadas fora do país, desta vez, na Islândia. Em apresentação pública, FantasietaCantilena, obras para Violino Solo, foram executadas pela primeira vez na Europa pelo professor Guðnýjar Guðmundsdóttur, do Royal College of Music, Micropieces para violino solo, interpretada pela jovem violinista Herdís Mjöll. Com repercussão positiva, o concerto ganhou nota em primeira página do jornal de maior circulação da Islândia, Morgunbladid.



Andersen Viana é Ph.D em Música pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como maestro-compositor, produtor cultural e leciona diversas matérias musicais na Fundação Clóvis Salgado-Palácio das Artes em Belo Horizonte, além de eventualmente ministrar palestras em universidades pelo país e exterior. Atualmente, é maestro da Orquestra Jovem Gerais e professor na Fundação Clóvis Salgado-Palácio das Artes.