domingo, 30 de setembro de 2012

Encontro de Educadores em Belém promove diálogo e troca de experiências sobre Educação Integral

Durante os dias 12 e 13 de setembro, cerca de 120 representantes de organizações da sociedade civil, educadores, avaliadores e especialistas das regiões Norte e Centro-Oeste do país estiveram presentes na capital paraense durante o Encontro Regional de Educadores em Belém Educação Integral: Experiências que transformam.

“O intuito dos Encontros Regionais é oferecer ações de formação aos educadores que atuam nas organizações da sociedade civil, estimulando a troca de experiências, o diálogo e dando visibilidade aos projetos desenvolvidos”, explica Nazira Arbache, do Cenpec, responsável pela coordenação técnica do Prêmio Itaú-Unicef.

Além de Nazira Arbache, as representantes da Fundação Itaú Social, Isabel Santana, e do Unicef, Eliana Almeida, fizeram a abertura do encontro. Na ocasião, Eliana, fez uma apresentação intitulada A Garantia de Direitos da Infância e da Adolescência: uma realidade possível.

No segundo dia do encontro, os participantes tiveram a oportunidade de conhecer o trabalho oferecido a crianças e adolescentes em projetos participantes nas várias edições do Prêmio, como o Projeto Musicart, o Projeto Canto das Artes, o Projeto Aprender com Alegria, o Projeto Rádio pela Educação, o Rede Escola Viva e Projeto Onda – Adolescente em Movimento pelos Direitos e o Projeto Rios de Encontro, vencedor nacional da 9ª edição, na categoria pequeno porte.

Segundo Marcelo Bragato, do Cenpec, as falas foram bastante importantes. “Um dos pontos interessantes no encontro foi reunir duas regionais que, juntas, representam cera de 70% do território brasileiro. Além de destacar as características dos projetos, as apresentações foram muito criativas, com música e depoimentos. O diálogo entre os participantes também foi bastante enriquecedor”, diz.

Texto: Thais Iervolino
Fonte: www.educacaoeparticipacao.org.br

MARILU BUENO FARÁ PERSONAGEM QUE É PONTE ENTRE PASSADO E PRESENTE NA NOVELA GUERRA DOS SEXOS

Marilu Bueno, quando recebeu a ligação de Silvio de Abreu para participar da nova versão de "Guerra dos Sexos", não pensou duas vezes antes de aceitar o papel. "Perguntei a ele na hora quando as gravações começariam", contou, animada, a atriz.

Assim como na primeira versão que foi ao ar em 1983, ela dará vida à empregada Olívia na trama que estreia amanhã no lugar de "Cheias de Charme".

Marilu diz que Olívia será a ligação entre o passado e o presente, pois sua personagem foi a empregada de Charlô (Fernanda Montenegro) e Otávio (Paulo Mautran) e agora trabalhará para os sobrinhos deles, interpretados por Tony Ramos e Irene Ravache - além das lojas e da mansão, os dois a herdaram dos tios ricos. Marilu afirma que não repetirá cenas vividas no folhetim de 1983. "O Silvio de Abreu está reescrevendo a novela.

Então, tudo parece realmente novo. Também procurei tirar da cabeça o original", revela a atriz. Na trama, Olívia sempre ficará ao lado de Charlô 2ª (Irene Ravache) e fará de tudo um pouco para atrapalhar os planos de Otávio 2º (Tony Ramos).

FONTE: F5 (Grupo Folha de São Paulo)

ESCRITORA CHILENA ISABEL ALLENDE RECEBE PRÊMIO NA DINAMARCA

A escritora chilena Isabel Allende recebeu neste domingo, em Odense (Dinamarca), o Prêmio Hans Christian Andersen de Literatura, que lhe foi entregue pelo príncipe herdeiro, Frederik.

Este prêmio, a mais alta distinção literária da Dinamarca, foi concedido "pelas qualidade de narradora mágica e o dom de envolver o público" de Allende, segundo o comunicado dos organizadores.

"Espero que um pouco da magia de Anderson me influencie", declarou a escritora ao receber o prêmio dotado de 67 mil euros.

LITERATURA PERDE AUTRAN DOURADO

Morreu na manhã deste domingo (30) o escritor Autran Dourado. Ele tinha 86 anos e faleceu em sua casa, após passar três meses internado devido a problemas respiratórios. O corpo do escritor foi velado no Cemitério São João Batista, no bairro de Botafogo, no Rio de Janeiro. O enterro foi realizado às 16 horas deste domingo (30).


Waldomiro Freitas Autran Dourado nasceu em Patos de Minas, em Minas Gerais, em 1926. Ainda na juventude, recebeu seu primeiro prêmio literário pelo conto 'O Canivete do Diabo'. Em 2008, ganhou o Prêmio Machado de Assis, da Academia Brasileira de letras, pelo conjunto de sua obra.



Estudou direito e trabalhou com jornalista, passando a maior parte de sua vida no Rio de Janeiro. Entre suas dezenas de obras a Ópera dos Mortos, de 1967, foi listado pela Unesco como uma das obras representativas da literatura mundial

SOB APLAUSOS, HEBE CAMARGO É ENTERRADA EM SÃO PAULO



O corpo de Hebe Camargo, morta no sábado (29), acaba de ser enterrado no cemitério Gethsemani, no Morumbi, sob aplausos de amigos, familiares e admiradores.

Havia cerca de 600 pessoas no local, muitas com rosas colombianas de cor vermelha, as preferidas da apresentadora, além de quase uma centena de coroas de flores. Pétalas foram jogadas em cima do caixão.

Durante o enterro, admiradores cantavam "Como É Grande o meu Amor por Você". Também eram ouvidos gritos de "Hebe maravilhosa" e "Hebe gracinha".

O filho da apresentadora, Marcelo, não foi visto nas primeiras fila durante a cerimônia.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, disse algumas palavras antes do sepultamento. Diversas personalidades acompanharam a cerimônia, entre elas Luciana Gimenez, Serginho Groisman, Maria Paula, Ticiane Pinheiro e Mônica Serra.

O caixão com a apresentadora estava coberto por uma bandeira do Brasil e saiu por volta de 10h do Palácio dos Bandeirantes, sede do governo de São Paulo, em um carro dos Bombeiros.


Enterro
O cortejo aberto foi acompanhado por batedores nos cerca de 3 km que separam os dois locais.
Pela manhã, houve uma missa de corpo presente rezada pelo padre Marcelo Rossi.
Na cerimônia, o padre afirmou ter escolhido as músicas das quais Hebe mais gostava --entre elas, "Como É Grande o Meu Amor por Você" e "Jesus Cristo", de Roberto Carlos.

Também fez brincadeiras --disse que não poderia desarrumar o cabelo de Hebe, porque ela brigaria com ele, e disse que não poderia dar um selinho na apresentadora, mas que gostaria de homenageá-la com sua marca registrada. O padre, então, beijou uma das mãos e levou à boca de Hebe.

O SBT transmitiu durante toda a manhã a despedida a Hebe. Após o enterro, o apresentador Celso Portiolli entrou emocionado no ar no "Domingo Legal".

PROGRAMA FANTÁSTICO CELEBRA OS 100 ANOS DE LUIZ GONZAGA

A atração semanal (Globo, domingo, às 20h45) celebra o centenário de nascimento do músico Luiz Gonzaga (1912-1989).

Com roteiro de George Moura, a produção adianta, em quatro episódios, cenas inéditas do longa-metragem do diretor Breno Silveira, "Gonzaga - De Pai para Filho", que deve chegar aos cinemas em 26/10.

Por meio de depoimentos e gravações, a série mostra a busca do compositor Gonzaguinha (1945-1991) para entender quem foi seu pai e relembra a trajetória do rei do baião, desde sua infância no sertão pernambucano até conquistar o Brasil com seu talento.

O programa conta com a participação, entre outros, de Elba Ramalho e Gilberto Gil.

HEBE CAMARGO É HOMENAGEADA POR AMIGOS, FÃS E FAMILIARES EM MISSA DO PADRE MARCELO ROSSI


O padre Marcelo Rossi reza, na manhã deste domingo (30), uma missa de corpo presente para Hebe Camargo, morta neste sábado (29), em decorrância de um câncer contra o qual a apresentadora lutava desde 2010.


O padre afirmou ter escolhido as músicas das quais Hebe mais gostava para a cerimônia --entre elas, "Como É Grande o Meu Amor por Você" e "Jesus Cristo", de Roberto Carlos. Também fez brincadeiras --disse que não poderia desarrumar o cabelo de Hebe, porque ela brigaria com ele, e disse que não poderia dar um selinho na apresentadora, mas que gostaria de homenageá-la com sua marca registrada. O padre, então, beijou uma das mãos e levou à boca de Hebe.


A missa, acompanhada pelo governador, Geraldo Alckmin, pelo filho de Hebe, Marcello, e pelo sobrinho e empresário, Cláudio Pessutti, por Paulo Maluf e pelo maestro João Carlos Martins, entre outras personalidades, ocorre no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do Estado de São Paulo, onde a apresentadora foi velada. Às 9h30, o corpo deve deixar o local com destino ao cemitério Gethsemani, no Morumbi.

PROJETO SEMENTES DO FUTURO E CULINÁRIA JAPONESA

O projeto Sementes do Futuro promove nesta segunda-feira, até quinta-feira, curso culinária japonesa.

Os participantes vão aprender a preparar pratos típicos como sashimi, sushi, além do famoso hot holl (empanado de sushi).

Aulas em dois horários: 19 horas às 20h30 e das 21 horas às 22h30, na Rua Sergipe, 1.022, sala 12. Valor do investimento: R$ 100.

Mais informações pelos telefones (43)3325-4900 e 8826-4900, com Juliano

OUTUBRO ROSA LONDRINA

Nesta segunda-feira será lançada a campanha Outubro Rosa Londrina.

O lançamento será no Catuaí Shopping, próximo aos cinemas, com início às 19h30. Na programação de abertura haverá a exposição de fotos "Mulheres Vitoriosas"; lançamento do Banco de Perucas, Lenços e Turbantes e a noite de autógrafos com Dolores Martins Cardoso, autora do livro "Paz, amor e quimioterapias".

O evento segue durante o mês com diversas atividades. A campanha tem a participação de diversas entidades e da Associação Nós do Poder Rosa. Toda a programação no site www.outubrorosalondrina.com.br

sábado, 29 de setembro de 2012

VOTE NO PRÊMIO CLUBE DE AUTORES DE LITERATURA CONTEMPORÂNEA

O músico e escritor Aldo Moraes concorre ao Prêmio Clube de Autores de Literatura Contemporânea com seu livro “Poemas do amanhecer”.

A votação é através da internet, bastando acessar o link abaixo:


http://www.clubedeautores.com.br/book/47529-Poemas_do_amanhecer


LUTO NA TV BRASILEIRA

É claro que recebemos a notícia da morte de Hebe Camargo com muita tristeza.

Hebe é ao mesmo tempo o início e as transformações da televisão no Brasil.

Seu carisma, talento e espontaneidade são únicos e fará falta num tempo em que apesar das tecnologias, a comunicação no Brasil vem perdendo brilho pelo excesso de formato e de regras mecânicas.

Hebe Camargo pertence à tradição e atravessou nossa modernidade com desenvoltura e muito talento, portando-se acima de modismos e medições de audiência.

O legado de alegria e atenção com famosos e anônimos é uma característica única da apresentadora, que era cantora e cantava bem.

O Brasil perde a maior estrela da história de sua televisão, uma mulher que teve seu próprio programa numa época em que a figura feminina não tinha voz. Foi também a primeira personagem de comunicação da TV a merecer atenção do meio acadêmico.

Aldo Moraes
Escritor e Músico
Ex-Secretário de Cultura de Londrina

UEL RECEBE PALESTRA DA PROFESSORA E DOUTORA ASA FUJINO


CELEBRIDADES LAMENTAM MORTE DE HEBE CAMARGO

Estou em Portugal, para apresentar o evento do Brazilian Day pela Globo, e estou sem fôlego com a notícia. A gente não consegue acreditar que alguém com um sorriso lindo, aquele jeito de encarar a vida, tenha nos deixado. Consigo ouvi-la me chamando de 'loira linda' ainda. Por mais que a gente tenha partilhado essa história de câncer, não dá para entender a finitude de pessoas que gente ama. Gostaria de estar aí no Brasil"
ANA MARIA BRAGA, apresentadora

"Estou arrasada. É tão difícil acreditar que isso aconteceu com ela. Essa não combina com a morte. Parece que eu perdi uma pessoa da minha família. Estou sem chão. Eu vou apresentar hoje um programa ao vivo e com certeza vou mudar o script, quero fazer um minuto de silêncio. A vida inteira eu me inspirei nela. Ela me deixou várias lições e morreu batalhando pelo trabalho dela. No meio do tratamento, estava animada, cercada de amigos. Era uma figura. É muito mais que a diva que todo mundo conhece. Se eu tivesse de descrever com palavras seriam felicidade, amor, alegria."
ADRIANE GALISTEU, apresentadora

"A morte da Hebe é uma grande perda para a classe artística e para o povo brasileiro. Estou profundamente abalada. É um pouquinho da história da televisão que vai embora. Que bom que fica o legado que ela brilhantemente começou."
LUCIANA GIMENEZ, apresentadora

"A Hebe era uma pessoa muito alto-astral. Ela curtiu muito a vida e sua história ficou muito marcada no Brasil. Tenho certeza que todo mundo que conviveu um pouco com ela se apaixonou!"
TICIANE PINHEIRO, apresentadora

NO TWITTER
IVETE SANGALO (@ivetesangalo)
Hebe luz de amor! Te amo lourinha

FATIMA BERNARDES (@fbbreal)
Não tive chance de conviver com a Hebe. Mas tinha toda a minha admiração. Um exemplo.

ANA MARIA BRAGA, apresentadora (@ana_maria_braga)
Os amigos do Sorriso da TV brasileira, Hebe, choram a Estrela que se vai. Saudade. De Portugal onde vim trabalhar, estou dolorida na alma.

SUSANA VIEIRA, atriz (@eususanavieira)
Perdemos a Grande Diva da Televisão Brasileira... Descanse em paz querida Hebe! #triste

DANIEL, cantor (@cantordaniel)
@hebeoficial Meu coração tá muito apertado! Você deixa um vazio imenso nele!!Um exemplo de vida igual ao seu é muito difícil de se encontrar!

AMAURY JR., apresentador (@oficialamauryjr)
"Atônito com a notícia e sem querer acreditar. Fica nosso carinho, amor eterno, histórias e lembranças maravilhosas de Hebe Camargo."

ANA HICKMANN, apresentadora (@ahickmann)
A rainha da televisão brasileira, Hebe Camargo, nossa eterna "gracinha", se foi. Hebe, descanse em paz!

MARCELO TAS, apresentador (@MarceloTas, no Twitter)
Hebe, alegria de viver em forma de gente. Obrigado por iluminar a TV brasileira, gracinha #HebeGracinha

RITA LEE, cantora (@LitaRee_real)
Minha vida sem a gargalhada d Hebe sempre por perto ñ vai ter graça

ADRIANE GALISTEU, apresentadora (@GalisteuOficial)
Esta foi a última foto que tirei com ela... Hebe pra sempre vou te amar... Que falta você vai fazer..

FERNANDA PAES LEME, atriz (@FePaesLemeHebe)
A maior de todas, nos deixou!! Triste! #RipHebe

CLAUDIA LEITTE (@ClaudiaLeitte)
Quem tanto me fez rir, hoje me faz chorar! http://instagr.am/p/QKoUpbnDHQ

SONIA ABRÃO (@SoniaAbrao)
Muita dor! Sem palavras!!! http://instagr.am/p/QKppxWnr2n

KAKA (@KAKA)
R.I.P Hebe Camargo. Que o Espirito de Deus conforte os familiares e amigos.

DEBORA FALABELLA (@DLFalabellaReal)
#Luto #HebeCamargo "Descanse em Paz"


LATINO ‏(@LatinoFesta)
A TV brasileira, e a nossa vida aqui, ficou irremediavelmente mais triste sem a minha querida amiga Hebe Camargo! Hoje tem festa no céu!

SANDY (@SandyLeah)
R.I.P Hebe Acabei de receber a notícia... Tô mto chocada e profundamente triste. Que mulher, que pessoa incrível nosso Brasil perdeu...Deixo registrado aqui todo meu carinho, respeito e admiração por essa guerreira, q vai deixar mta saudade. Meus sentimentos à família

LATINO ‏@LatinoFesta
A TV brasileira, e a nossa vida aqui, ficou irremediavelmente mais triste sem a minha querida amiga Hebe Camargo! Hoje tem festa no céu!

MUNDO POLÍTICO REPERCUTE MORTE DE HEBE

"Hebe Camargo, com sua simpatia e carisma, conquistou a admiração de gerações de brasileiros e deu uma contribuição inigualável para a história da televisão no nosso país. A sua alegria de viver ficará para sempre na nossa memória. Nessa hora de tristeza, estendemos nossa solidariedade a sua família, amigos e fãs."
LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA, ex-presidente do Brasil

"Uma grande perda. Não apenas para São Paulo como para todo o Brasil. Ao longo das últimas décadas, levou alegria e diversão para milhões de brasileiros. Uma das figuras públicas mais queridas do brasil, que até o último minuto de vida, manteve a alegria. Uma guerreira que manteve o alto astral até o final."
GILBERTO KASSAB, prefeito de São Paulo

"Tenho o maior respeito por ela. É um exemplo de mulher lutadora e vencedora. Nesses 45 anos em que acompanhei sua carreira, um exemplo de coragem e ética no exercício do jornalismo."
MALUF, político brasileiro

"Hebe era sinônimo da alegria de viver. Deixa um vazio nas noites da televisão brasileira."
SÉRGIO CABRAL, governador do Rio de Janeiro


ABAIXO O TEXTO COMPLETO DA FOLHA DE SÃO PAULO SOBRE A MORTE (AGORA POUCO) DE HEBE CAMARGO

A apresentadora Hebe Camargo, uma das pioneiras da televisão brasileira, morreu aos 83 anos neste sábado (29), de parada cardíaca, em São Paulo.

Hebe retirou um tumor no intestino em 11 de março deste ano. Anteriormente, em 2010, ela passou por cirurgia e quimioterapia após ser diagnosticada com câncer no peritônio, membrana que envolve os órgãos do aparelho digestivo.

Em junho, outro susto: no dia 12, a apresentadora foi levada às pressas ao hospital para a retirada da vesícula. Um mês depois, ficou internada por cinco dias para realizar exames de rotina.

Hebe


PERITÔNIO

Em janeiro de 2010, Hebe Camargo foi internada no mesmo hospital, o Albert Einstein, em São Paulo, para a retirada de um tumor.

A operação ocorreu assim que os médicos diagnosticaram nódulos no peritônio, membrana que envolve a cavidade abdominal --um câncer raro, mas tratável, segundo a equipe do hospital.

Após a cirurgia, Hebe começou a fazer sessões de quimioterapia para combater a doença. Em março, em meio ao tratamento, voltou a gravar seu programa, então no SBT, emissora que a acolheu por 25 anos.

"Vou vivendo como se nada tivesse acontecido", disse a apresentadora ao fim da gravação, acompanhada pela Folha. "Vou para a quimioterapia e não sinto nada, é uma coisa mágica na minha vida", contou.

Na ocasião, Hebe afirmou que foi um pouco relapsa com sua saúde. "Eu fui um pouco, só fazia exame de sangue", disse, completando que nunca teve nenhuma doença. "Só ia no hospital pra fazer plástica, ou no peito ou na cara."

A apresentadora falou ainda sobre a perda de cabelos acarretada pela quimioterapia. "O meu médico comentou com meu sobrinho que meus cabelos iam cair, e foram os cabelos dele que começaram a cair de medo [de contar]. Quando eu soube, não tive impacto nenhum", disse.

Hebe contou que ligou então para uma conhecida e fez "umas três, quatro" perucas. "Vocês estão crentes que é o meu cabelo? É peruca, pode fotografar!"

Em abril, a assessoria de imprensa da apresentadora afirmou que o câncer que a acometia já não existia mais.

URGENTE: HEBE CAMARGO MORRE EM SÃO PAULO

ACABO DE LER NA FOLHA DE SÃO PAULO ON LINE QUE O BRASIL PERDEU A APRESENTADORA E CANTORA HEBE CAMARGO.

VAMOS REPERCUTIR O FATO, MAS AINDA NOS ENCONTRAMOS ABALADOS COM A NOTÍCIA

JULINHO BARCELOS, EX-TREINADOR DO LEC E DO CORINTHIANS MORRE NO PARANÁ

O ex-goleiro Ijuranei Pinter de Barcelos, mais conhecido como Julinho Barcelos, que foi preparador de goleiros e treinador do Londrina nas décadas de 70 e 80, morreu nesta sexta-feira (28), em Bandeirantes.

Barcelos iniciou sua carreira no Hercílio Luz em 1966 como goleiro e, anos depois, passou para a função de preparador de goleiros e atuou no Matsubara e Londrina (4º colocado no Brasileiro de 77).

Em seguida, se transferiu para o Corinthians e, em 1980, se tornou treinador da equipe alvinegra. Depois passou comandou o Londrina, Atlético-PR, Santo André-SP, Novorizontino-SP, Coritiba, Matsubara, Paranavaí, Internacional de Limeira-SP, Figueirense, Comercial-MS, Ponta Grossa, Rio Branco-PR, União Bandeirante e Operário-PR.

O sepultamento de Barcelos acontecerá neste sábado, às 10h, no cemitério municipal de Bandeirantes.

Fontes: Rádio Cabiúna e site bonde

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

TIM MAIA: 70 ANOS


Hoje, 28 de setembro de 2012 o grande sindico da MPB faria 70 anos.

O rei do soul nacional faleceu em 1998, aos 55 anos.

ALDO MORAES CONCORRE AO PRÊMIO CLUBE DE AUTORES DE LITERATURA CONTEMPORÂNEA

O músico e escritor Aldo Moraes concorre ao Prêmio Clube de Autores de Literatura Contemporânea com seu livro “Poemas do amanhecer”.

A votação é através da internet, bastando acessar o link abaixo:


http://www.clubedeautores.com.br/book/47529-Poemas_do_amanhecer



Agradecemos o apoio e convidamos a conhecer nosso blog: www.ongartebrasil.blogspot.com



VISANDO A COPA DO MUNDO, CARLINHOS BROWN APRESENTA A CAXIROLA, A VUVUZELA BRASILEIRA




A vuvuzela brasileira está mais para chocalho do que corneta. O músico Carlinhos Brown e o ministro Aldo Rebelo (Esporte) apresentaram nesta quinta-feira (27/9) a "caxirola", uma espécie de chocalho a ser utilizado pela torcida durante a Copa-2014.

Segundo o músico, o instrumento é uma variação do caxixi, de origem indígena. "Agora começa oficialmente a torcida organizada brasileira. Muitos reclamavam que a vuzuvela era barulhenta, mas ela prenunciava a voz da torcida da África. A caxirola é o ritmo do povo brasileiro", disse o músico.



Carlinhos Brown, em parceria com uma empresa de marketing, pretende fabricar 190 milhões de unidades. O instrumento produz barulho tanto sendo sacudido com sendo friccionado a outro.

A caxirola é um dos 96 projetos aprovados pelo governo brasileiro para promoverem o país durante a Copa-2014. Nesta terça-feira, o ministério do Esporte entregou os diplomas com a "chancela" do governo. Não haverá dinheiro. Com a chancela, os 96 projetos poderão pedir patrocínio e usar, em seu favor, o apoio do governo.

"É uma autorização para que os autores façam a captação de recursos junto a empresas privadas ou estatais, ou pela própria lei de incentivo ao esporte. Os autores terão, a partir da chancela, o diploma de que o projeto preenche os requisitos de promoção do país e da Copa", explicou o ministro.

Os projetos, a partir dos patrocínios, poderão ser divulgados no Brasil e no mundo. Os 96 projetos representam a cultura indígena, valorização da natureza e das regiões do país, além da música e artes. No total, 199 propostas haviam sido inscritas.


MERCEDES FECHA COM LEWIS HAMILTON

A Mercedes pode ter aposentado o piloto alemão Michael Schumacher, de 43 anos e heptacampeão mundial de F-1, ao contratar o inglês Lewis Hamilton, de 27 anos e uma vez campeão mundial, para a próxima temporada.

A notícia foi confirmada pela equipe alemã na manhã desta sexta-feira. A Mercedes chegou a um acordo com Hamilton.

"Agora é a hora de eu assumir um novo desafio e eu estou muito animado para iniciar um novo capítulo na Mercedes. A equipe contribuiu de forma incrível com o automobilismo e compartilha comigo a mesma paixão pelas vitórias", disse Hamilton ao site da Mercedes.
A contratação de Hamilton pode representar o fim da carreira de Schumacher, que retornou para a F-1 na temporada de 2010, mas não conseguiu nenhum resultado expressivo desde então.


Assim, o GP Brasil, dia 25 de novembro em Interlagos, pode ser a última prova na carreira do piloto alemão.

Nico Rosberg, 27 anos, continuará sendo o segundo piloto da Mercedes.


TED BOY MARINO MORRE NO RIO

O ex-lutador de luta livre e ator Mario Marino, 72, conhecido como Ted Boy Marino, morreu na noite da quinta-feira no hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo, na zona sul do Rio.



Segundo a assessoria de imprensa do hospital, ele havia dado entrada na unidade na manhã desta quinta, com insuficiência vascular aguda. Chegou a ser submetido a uma cirurgia, mas, por volta das 19h, teve uma parada cardíaca e morreu.

Além de fazer sucesso nos ringues, Ted Boy Marino também foi ator e apresentador de programas televisivos. Dentre outros, fez parte do elenco original de "Os Trapalhões", em 1965, quando a atração se chamava "Os Adoráveis Trapalhões" e passava na TV Excelsior, ao lado de Renato Aragão, Ivon Cury e Wanderley Cardoso.

Ainda atuou como coadjuvante no elenco de apoio de "Os Trapalhões", já na TV Globo, a partir do final dos anos 1970, já ao lado da formação mais conhecida do grupo, com Renato Aragão, Dedé Santana, Mussum e Zacarias.


Ted Boy Marino também atuou no cinema em filmes como "Dois na lona", no qual atuou ao lado de Aragão, em 1967.

Nascido na Itália, ele cresceu na Argentina e veio ao Brasil depois se tornar famoso com lutas de Telecatch na década de 1960.

CANÇÃO INÉDITA DE CAZUZA E FREJAT

Uma música inédita de Cazuza, escrita com Roberto Frejat, foi descoberta.

Chama-se "Sorte e Azar", é cantada por Cazuza e estava entre o material descartado do primeiro álbum do Barão Vermelho, de 1982.

A faixa estará no disco que a Som Livre lança em novembro para celebrar 30 anos da data.

Sobre Cazuza, há publicado alguns livros sobre sua vida e escritos por Lucinha Araújo, Regina Echeveria, estudos acadêmicos e uma analise estética sobre sua obra do músico Aldo Moraes.


quinta-feira, 27 de setembro de 2012

PROGRAMAÇÃO DA MOSTRA LONDRINA DE CINEMA



-14h-18h: Kinocidadão

– Brichos (de Paulo Munhoz)

-14h – Aqui é Brasil – Histórias que só existem quando lembradas (Júlia Murat)

-16h – Clássicos – Os Incompreendidos (François Truffaut)

-18h – Seminário de Cinema Contemporâneo – As horas vulgares (Rodrigo de Oliveira e Vitor Graize)

-19h – Seminário de Cinema Contemporâneo – Esse amor que nos consome (Allan Ribeiro)

-20h30 – Aqui é Brasil – Ponto.Org (Patrícia Moran)

-21h30 – Premiação + Premiere

– Monumeto (Gregorio Graziosi) e Boa sorte, meu amor (Daniel Aragão)

Serviço: A 14ª Mostra Londrina de Cinema.

Até quinta-feira nos cinemas Lumiére do Royal Plaza Shopping (R. Mato Grosso, 310). R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia).

Programação completa em www.mostralondrina.com.br



ASTRO DO FILME PANTERA COR DE ROSA, HERBERT LOM MORRE AOS 95 ANOS

O astro do cinema Herbert Lom, mais conhecido como o lunático inspetor-chefe Charles Dreyfus nas comédias "Pantera Cor-de-Rosa", morreu aos 95 anos, de acordo com a mídia britânica.

O agente do ator nascido na República Tcheca não pôde imediatamente confirmar os relatos de que Lom morreu tranquilamente durante o sono nesta quinta-feira. A mídia não especificou onde ele morreu, mas o ator morava em Londres.

Nascido em uma família aristocrática pobre em Praga, em 1917, ele encurtou seu nome complicado para Lom e apareceu em vários filmes feitos localmente até emigrar para a Grã-Bretanha antes da 2a Segunda Guerra Mundial e fixar residência no país.

Lá, ele construiu uma carreira que abrangeu mais de 100 filmes e incluiu uma boa parcela de vilões.

Lom interpretou Napoleão Bonaparte duas vezes, incluindo em "Guerra e Paz", de 1956, ao lado de Henry Fonda e Audrey Hepburn, e o rei de Sião na primeira produção londrina do musical "O Rei e Eu", em 1953.

Dois anos mais tarde, ele colaborou com Peter Sellers na comédia de humor negro "Matadores de Velhinhas", e eles trabalhariam juntos novamente em 1960 e 1970 na série "Pantera Cor-de-Rosa".

Nela, Lom era o cada vez mais enlouquecido Dreyfus, ao lado do desafortunado inspetor Clouseau, e o sucesso de seu personagem se deveu muito às improvisações próprias de Lom.

Em uma entrevista para o jornal The Independent, em 2004, Lom lembrou que foi ele quem inventou o tique nervoso de Dreyfus, que se tornou sua marca registrada.

FONTE: Agência Reutters

GRUPO GALPÃO ENCENA ANTON TCHÉKHOV

Com 30 anos de existência, o grupo Galpão estreia, nesta quinta-feira (27), o espetáculo "Eclipse", no Sesc Vila Mariana (zona sul de São Paulo). Os ingressos custam entre R$ 6 e R$ 24.

A montagem é baseada em peças e contos de Anton Tchékhov (1860-1904), e a encenação traz uma estética que beira o absurdo.

Em cena, cinco pessoas discutem sobre a condição humana enquanto aguardam o final de um eclipse solar.

A trupe, que trabalha com diretores convidados, chamou para esta montagem Jurij Alschitz, russo radicado em Berlim.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

EIKE BATISTA FECHA PARCERIA COM CIRCO DE SOLEIL


A IMX, empresa de entretenimento do grupo EBX (de Eike Batista), fechou parceria com o espetáculo Cirque du Soleil para administrar e reforçar a marca na América Latina.
A parceria foi anunciada nesta terça-feira (25) e resultará em uma empresa dedicada, a IMX Arts, que terá sede no Rio de Janeiro. A ideia é aumentar a quantidade de shows na região.

A Time For Fun, empresa que detém o contrato atual com o Cirque no Brasil, terá direito a fazer uma última turnê no ano que vem. A IMX Arts poderá, paralelamente, fazer espetáculos no país, sendo que o contrato inclui também o licenciamento de produtos.



De acordo com o presidente da IMX, Alan Adler, a data do primeiro espetáculo da parceria será divulgada no início do ano que vem.

O presidente do Cirque du Soleil, Daniel Lamarre, afirmou que a ideia é que o Cirque esteja no Brasil durante o ano todo e não somente nas semanas em que os espetáculos estiverem em cartaz.

O controlador do grupo EBX, Eike Batista, disse que já era um sonho antigo fechar a parceria com o Cirque.

BRASIL ATINGE MENOR DESIGUALDADE SOCIAL DA HISTÓRIA

O salário dos 10% mais pobres da população brasileira cresceu 91,2% entre 2001 e 2011. O movimento engloba cerca de 23,4 milhões de pessoas saindo da pobreza. Já a renda dos 10% mais ricos aumentou 16,6% no período, de forma que a renda dos mais pobres cresceu 550% sobre o rendimento dos mais ricos, segundo dados divulgados nesta terça-feira pelo Instituto de Política Econômica Aplicada (Ipea).

O estudo "A década inclusiva", apresentado pelo presidente do Ipea, Marcelo Neri, usou dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O crescimento dos salários é o principal indicador para a melhoria, aponta o estudo. É o que responde por 58% da diminuição da desigualdade. Em segundo lugar vem os rendimentos previdenciários, com 19% de contribuição, seguido pelo Bolsa Família, com 13%. Os 10% restantes são benefícios de prestação continuada e outras rendas.

A disparidade de renda entre brancos e negros também se alterou. Segundo os dados apurados pelo Ipea, a parcela da população que se declara como negra teve crescimento da renda de 66,3% nos 10 anos. Maior variação foi apurada entre os pardos (85,5%). Entre os brancos, o crescimento foi de 47,6%.

O recorte por regiões mostra que no Nordeste a renda subiu 72,8%, enquanto no Sudeste cresceu 45,8%, sempre no mesmo período de comparação. O estudo conclui que houve queda de 3,2% no coeficiente de Gini entre junho de 2011 e o mesmo mês de 2012, tendo como base dados da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) do IBGE.

OS NEGROS DE ITAVERAVA, POEMA DE AFFONSO ÁVILA

Três negros de Itaverava,
irmãos em sangue e aflição,
não dormiam, como os outros,
a noite que é sujeição,
dormiam, sim, as auroras
— as luzes em combustão
dos sonhos que, mesmo estéreis,
sucedem no coração.

Enquanto as almas penadas
nos caminhos pranteavam
o corpo que se perdera
e os cães com elas choravam,
na senzala não se ouviam
os passos que se cuidavam,
as vozes que, a medo e susto,
no paiol confabulavam.

Para quem é jaula o dia,
que seja conspiração
de perfídia e sortilégio,
de roubo e contravenção
a noite cujas estradas
não se sabe aonde dão,
a noite que enlaça o negro
com seus silêncios de irmão.

POESIA PERDE AFFONSO ÁVILA

O poeta, ensaísta e pesquisador mineiro Affonso Ávila morreu nesta quarta-feira (26) em Belo Horizonte (MG). Ele teve uma parada cardíaca em casa. Segundo a família, ele tratava um enfisema pulmonar e estava com a saúde bastante debilitada.

Considerado um dos mais importantes poetas brasileiros contemporâneos, ele publicou neste ano o livro "Égloga da Maçã" (ed. Ateliê Editorial). É autor de, entre outros, "Discurso da Difamação do Poeta" (1976) e "O Visto e o Imaginado (1990), além de diversos livros sobre o barroco mineiro.

Como ensaísta e poeta, sempre participou das vanguardas artísticas. No começo dos anos 1960, aproximou-se do grupo de poetas concretos de São Paulo e publicou seu primeiro livro de poemas, "Carta do Solo" (1961). No mesmo período, colaborou na revista "Invenção", fundada pelo grupo concretista paulista e dirigida por Cassiano Ricardo, Décio Pignatari, Mário Chamie, Haroldo e Augusto de Campos, entre outros.

Ao lado do poeta Affonso Romano de Sant'Anna, organizou a Semana Nacional de Poesia de Vanguarda, realizada na Universidade Federal de Minas Gerais, em 1963.

Nas décadas de 1970 e 1980, dedicou-se a atividades de levantamento e conservação do patrimônio artístico e arquitetônico das cidades históricas mineiras. Foi um dos criadores do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais
POES

SEMANA NACIONAL DO LIVRO E DA BIBLIOTECA

ABERTURA: BIBLIOTECA CENTRAL - DIA 22 DE OUTUBRO ÀS 14H 30MIN.
Lançamento do livro “A CONSTRUÇÃO DO MITO MÀRIO PALMÉRIO”, do autor André Azevedo da Fonseca.
Visite o Espaço “TENDA DA INFORMAÇÃO E CONHECIMENTO” e a Exposição: “O ANTIGO E O NOVO NA CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO”.


PROGRAMAÇÃO:

Dias: 23/10/2012 – 8h às 18h
24/10/2012 – 14h às 18h
CURSO: COMPOSIÇÃO DO TEXTO CIENTÍFICO - ETAPAS E FORMAS
Ministrante: Profº Drº Miguel Luiz Contani
Carga horária: 12 horas
Local: Biblioteca Central – Sala de Multimeios
Valor da inscrição: R$ 30,00 (com certificado)

Dia: 25/10/2012 - 9h às 11h
PALESTRA: A IMPORTÂNCIA DO ATO DE LER
Ministrante: Profº Drº André Azevedo da Fonseca
Carga horária: 2 horas
Local: Biblioteca Central – Sala de Multimeios
Valor da inscrição: R$ 15,00 (com certificado)

Dia: 25/10/2012 - 14h às 18h
PALESTRA: CONSERVAÇÃO PREVENTIVA EM BIBLIOTECAS
Ministrantes: Profª Ms Yara Maria Pereira da Costa Prazeres
Profª Ms Maria Aparecida Lopes
Carga horária: 4 horas
Local: Biblioteca Central – Sala de Multimeios
Valor da inscrição: R$ 15,00 (com certificado)

Dia: 26/10/2012 - 14h às 18h
PALESTRA: O PAPEL DAS BIBLIOTECAS E O NOVO RITMO DA INFORMAÇÃO
Ministrante: Profª Drª Graça Maria Simões Luz
Carga horária: 4 horas
Local: Biblioteca Central – Sala de Multimeios
Valor da inscrição: R$ 15,00 (com certificado)

INSCRIÇÕES
As inscrições poderão ser feitas na BIBLIOTECA CENTRAL, no campus da universidade. Não serão feitas reservas, a garantia das vagas será apenas mediante pagamento e o preenchimento da inscrição.
Informações em: http://www.facebook.com/bibliotecauel / (43) 3371-4610

Intercâmbio artístico entre crianças curitibanas e indígenas


Crianças e adolescentes de Curitiba participam de um trabalho de integração com a cultura indígena. Enquanto eles aprendem o cotidiano da tribo Bororo, do Mato Grosso, crianças indígenas de lá também recebem informações e se comunicam com os participantes do projeto. Isso faz parte do programa “Nossas Raízes – Bororo Vive”, que reconhece a valorização das raízes culturais brasileiras por meio de atividades artísticas com foco na cultura dos índios Bororo.


Integrando teatro, arte-educação, ciência e comunidade, o projeto atende 40 crianças da rede pública de ensino, com aulas semanais e encontros criativos bimestrais com a comunidade. O projeto agrega ações de reflexão em conjunto de universidades nacionais e internacionais. Os encontros são realizados no Espaço Cultural Pé no Palco, no bairro Rebouças, em Curitiba (PR). “Nossas Raízes – Bororo Vive” é um projeto de reconhecimento e valorização das raízes culturais brasileiras por meio das atividades artísticas e com foco na cultura dos índios Bororo e seus exemplos de convivência pacífica com a natureza.


Uma das atividades realizadas foi o intercâmbio de informações entre as duas culturas. As crianças de Curitiba escreveram cartas aos índios, contando como é a vida aqui e as atividades que realizam. Os Bororos receberam o material e responderam as cartas aos amigos curitibanos. Uma outra etapa do trabalho foi a gravação de vídeos para que eles pudessem se conhecer. Assim eles enviaram mensagens e realizaram perguntas sobre a vida dos participantes do projeto.


O trabalho envolve também atividades artísticas voltadas à realidade dos índios Bororo. Os conteúdos específicos constituem-se em vivências nas expressões cênicas, tendo como apoio as expressões corporais, plásticas, sonoras, literárias e audiovisual, culminando com a apresentação de espetáculos teatrais.


A ação é supervisionada por Fátima Ortiz, diretora do Espaço Cultural Pé no Palco, artista reconhecida por suas iniciativas e realizações que englobam o fazer teatral em suas dimensões: criativa, educativa e política.


Este trabalho está vinculado à realização, difusão e distribuição do documentário “Somos Bororo Hoje” que é parte integrante da pesquisa de doutorado da antropóloga brasileira Flávia Kremer, da Universidade de Manchester (Inglaterra). As atividades são programadas em sintonia com a etapa de pesquisa etnográfica e filmagens do documentário. Flávia tem convivido com os índios Bororo de forma bastante ativa para a produção do material.


O Projeto Nossas Raízes – Bororo Vive pretende colaborar para que famílias com dificuldade de acesso aos bens culturais tenham a possibilidade de estar mais próximas das expressões artísticas e dos benefícios que a arte traz para as relações humanas.


O Pé no Palco Atividades Artísticas Ltda, criado em 1995, atua na área de teatro e arte-educação e tem como finalidade difundir e viabilizar os valores culturais, artísticos e históricos tendo como recurso principal o teatro, integrando-o com as demais expressões artísticas e inserindo os princípios da educação em valores humanos.




Espaço Cultural Pé no Palco

Rua Conselheiro Dantas, 20 – Rebouças/ Curitiba – PR

Tel. (41) 3029-6860 begin_of_the_skype_highlighting (41) 3029-6860 end_of_the_skype_highlighting

www.penopalco.com.br


Crédito fotos: Laiz Zotovici/ UVStudio


Assessoria de imprensa

Diogo Cavazotti

41 8451-7433

dcavazotti@hotmail.com

TORCIDA POR GOULART

O blog Arte Brasil torce pela recuperação do ator Paulo Goulart, que está internado em São Paulo, em tratamento para um câncer.


Vitória ao nosso grande Paulo Goulart!

Sergio Roberto de Oliveira lança 4 CDs comemorando 15 anos de carreira, dia 07, no CCJF

As datas redondas sempre estimulam celebrações e não poderia ser diferente neste ano em que se comemora 15 anos de carreira do compositor Sergio Roberto de Oliveira. Aluno de Guerra-Peixe (1990 a 1992) e indicado ao Grammy Latino 2011 em composição clássica contemporânea - está sendo novamente indicado, em 2012, desta vez, na categoria “Melhor Álbum de Música Clássica” com o CD “Prelúdio 21 – Quarteto de Cordas”, do grupo de compositores do qual faz parte, o Prelúdio 21, tendo como intérprete o Quarteto Radamés Gnattali - o compositor e músico festeja a data de forma especial, lançando o box “QUINZE”, com quatro CDs comemorativos, no dia 07, domingo, às 17h, no Centro Cultural Justiça Federal, entrada gratuita. Desde julho reunindo intérpretes e compositores no espaço cultural, Sergio Roberto de Oliveira terá como convidado, desta vez, o grupo americano de compositores Vox Novus, com um programa de obras de ambos, interpretadas por Maria Carolina Cavalcanti (flauta), Thiago Tavares (clarineta) e Antônio Ziviani (piano).




Box “QUINZE”

Os discos que compõem o box “QUINZE” – lançamento da gravadora A CASA, do próprio Sergio Roberto de Oliveira, e distribuição nacional pela Tratore - possuem temáticas distintas, cada um se relacionando com elementos da natureza: “Ao Mar” (água), “Luz e Sombra” (fogo), “Espelhos” (ar) e “Oitis” (terra).

O CD “Ao Mar”, dedicado às cordas, reúne obras do compositor como sua estréia “Suíte para Cordas”, agora na gravação da Camerata Sinfônica do Rio de Janeiro – a composição, de 1995, foi premiada, no ano seguinte, no II Concurso Nacional de Composição Cidade do Rio de Janeiro. Traz também uma homenagem a Heitor Villa-Lobos em “Quarteto Brasileiro Nº1”, seguida de outra homenagem, desta vez, a Ariano Suassuma, a obra “Quarteto Brasileiro N°2” - ambas interpretadas pelo Quarteto Radamés Gnattali. Ainda fazem parte do disco a faixa-título "Ao Mar", interpretada pelos violoncelos do Duo Santoro, e "Três olhares sobre uma moça bonita" (interpretada pelo jovem Duo Veredas). Paulo Santoro volta a empunhar o violoncelo, desta vez sozinho, em “3 Cabbages and a Boy”, e “Música PrecIsa” (com I maiúsculo mesmo!), por Isadora Scherr (viola), completa o repertório.

O CD “Espelhos” possui composições de Sergio Roberto para piano e outros instrumentos, como a faixa-título interpretada pelo Duo Croma (Marina Spoladore, piano; Ana Letícia Barros, vibrafone), "Estudo sobre Alban Berg" (clarineta e piano) e “Ice” (saxofone soprano e piano), ambas interpretadas por Paulo Passos e Sara Cohen, e "A Véspera do Fim", numa leitura pelo Duo Barrenechea (Sérgio Barrenechea e Lúcia Barrenechea). O Cd traz ainda “Humana” (João Luiz Areias, trombone; Kátia Baloussier, piano), “Jacarandá”, pelo Trio Jacarandá (Thiago Tavares, clarineta; Waleska Beltrami, trompa; Sara Cohen, piano) e “Ciclo” pelo grupo GNU (flauta/clarineta/piano).

O terceiro CD, “Oitis”, tem como único intérprete o grupo Oitis e traz obras compostas sobre poemas do próprio compositor (“Preciso de um amor”) e de Mário Quintana (“Canção do dia de Sempre” e “A canção que não foi escrita”). A faixa-título “Oitis”, uma referência à típica árvore nacional, traz uma inédita parceria com Paulo César Feital, na qual o letrista realça elementos da brasilidade em versos de extrema sensibilidade (“Eu cresci sob o céu dos clãs Tupis / Batizada, cunhã, de Vera Cruz/O meu berço, no sombral dos Oitis/Que, tão ternos, filtravam o vento e a luz!...”). Indicada ao Grammy Latino 2011 na categoria “Melhor Composição Clássica Contemporânea”, “Umas coisas do coração”, originalmente gravada pelo violonista Armildo Uzeda, ganha nova interpretação nas mãos de Luis Carlos Barbieri.

O quarto CD, “Luz e Sombra”, de formações mistas, reúne peças como "4 Canções sobre Canções de Mário Quintana", interpretada pelo Quarteto Colonial, na qual são recitados os poemas “Este silêncio é feito de agonias”, “Libertação” e “Ventura”, do poeta, tradutor e jornalista brasileiro. "DAM", para flauta em sol, interpretada por Maria Carolina Cavalcanti; e "Luz e Sombra", peça para dez trombones, interpretada pelo coral de trombones UNIBONES, com regência de João Luiz Areias. A faixa “Ipê” – Maria Carolina Cavalcanti (flauta), Ayran Nicodemo (violino), Murilo Alves (violoncelo), Lise Bastos (contrabaixo) – novamente uma carinhosa referência à nossa flora, foi composta originalmente para três concertos na Itália, em 2010. O repertório traz ainda “Pau e Corda” (Marcos Passos, clarineta; Alexandre Brasil, contrabaixo) e “Bico do Papagaio” (Maycon Lack, flauta; Waleska Beltrami, clarineta; Larissa Coutrim, contrabaixo).




Sergio Roberto de Oliveira

Sergio Roberto de Oliveira também é produtor e dono do estúdio e gravadora A CASA, dedicado à difusão da música de concerto contemporânea. Como compositor, vem participando ativamente do cenário musical brasileiro e internacional em seus 15 anos de carreira.

Sua obra tem sido apresentada no Brasil e no exterior em eventos importantes como a Bienal de Música Contemporânea (Brasil), o Panorama da Música Brasileira Atual (Brasil), o Composers’ Ensemble at Princeton (EUA), o New Music in Manchester (Inglaterra), Sonata Islands (Itália), além de diversos outros concertos, como os promovidos pelo grupo de compositores Prelúdio 21 (do qual é fundador e integrante) pela Handel and Haydn Society de Boston (EUA), pela The British Academy of Composers and Songwriters e pela Embaixada Brasileira em Londres (Inglaterra) e outros tantos, com a participação de músicos brasileiros, americanos e ingleses. Entre os músicos que têm encomendado e apresentado a obra do compositor estão Ciompi Quartet, Mélomanie, Tracy Richardson, Tom Moore, Lisa Brooke, Wendy Rolfe, Kim Reighley (EUA), Stephen Preston, John Turner, Craig Ogden, Amara Guitry (Inglaterra), Emílio Galante (Itália), Grupo Música Nova, Laura Rónai, Sara Cohen, Nicolas Souza Barros, Ruth Serrão, GNU, etc. Sua “Suíte para Cordas” foi premiada no II Concurso Nacional de Composição Cidade do Rio de Janeiro, promovido pela RIO-ARTE.

Tem viajado ao exterior freqüentemente para estréias e palestras sobre a sua obra. Já realizou diversas palestras nos EUA, Europa e no Brasil, em instituições como a Princeton University (EUA), a Music Library Association (EUA), a Duke University (EUA), University of Maryand, Baltimore County (EUA), Conservatório de Amsterdam (Holanda), University of Salford (Inglaterra), Universidade do Rio de Janeiro (UNIRIO), Universidade Federal da Paraíba, Universidade Federal da Bahia, entre outras. Em 2009 esteve na Duke University (EUA) como Artist-in-Residence. Atualmente, é membro da Academia de Artes e Ciências da Gravação.



Dia 7 – Lançamento do box QUINZE - Concerto: Sergio Roberto de Oliveira convida Vox Novus

O concerto traz a música de Sergio Roberto de Oliveira e do grupo de compositores americano Vox Novus.

Intérpretes:

Maria Carolina Cavalcanti, flauta; Thiago Tavares, clarineta; Antônio Ziviani, piano



Centro Cultural Justiça Federal - Av. Rio Branco, 241 – Centro

Domingo, 17h

Ingresso gratuito

Tel: 3261-2550

Classificação: Livre





Obras:


15 minutes of fame. Intérprete: Maria Carolina Cavalcanti (flauta) – Autor: Vox Novus
DAM – Intérprete: Maria Carolina Cavalcanti (flauta alto solo) – Autor: Sergio Roberto de Oliveira
Persistence of Melancholy – Intérprete: Antônio Ziviani (piano solo) – Autor: Robert Voisey
I Saw Werner Herzog on Park Avenue – Intérpretes: Thiago Tavares (clarineta); Antônio Ziviani (piano) – Autor: Douglas Silva
Ciclo – Intérpretes: Maria Carolina Cavalcanti (flauta); Thiago Tavares (clarineta); Antônio Ziviani (piano) – Autor: Sergio Roberto de Oliveira

CONCERTO BENEFICENTE COM OBRAS DE JEAN GOLDENBAUM

Gostaria de convidar todos ao próximo concerto com obras de Jean Goldenbaum que ocorrerá no próximo domingo 30/09, às 17:00h, na Igreja da Paz, em Santo Amaro, São Paulo. Este evento, cuja renda será revertida a instituições sociais e culturais, consiste em mais uma parceria minha com o Maestro Sergio Chnee. Neste concerto ocorrerá a estréia de minha “Missa pelo Entendimento entre Todos os Homens”, regida por Chnee, entre outras. Abaixo segue o cartaz. Ficaremos felizes com sua presença. Abraços.***

Dear friends and colleagues,

I’d like to inform you that on 30th September a great concert with some works of mine will take place in the Church of the German Community from Sao Paulo, Brazil. This project is a another collaboration between me and Maestro Sergio Chnee and it is also a charity concert. In this occasion, Chnee will conduct the premiere of my “Mass for the understanding of all men”. Best regards.

http://www.noemail.com.br/sistema/galeria/imagens/250920122145pm55foto1-G_10893.jpg

NOTICIAS DO ESCRITOR FABRICIO CARPINEJAR


Carpinejar concorre novamente a prêmio Jabuti


Fabrício Carpinejar é um dos dez finalistas na categoria Infantil do 54º Prêmio Jabuti de Literatura, da CBL - Câmara Brasileira do Livro. A divulgação aconteceu na quinta-feira (20/9). A premiação é a mais importante e prestigiada da cena literária brasileira. O anúncio dos ganhadores está previsto para 18 de outubro.

Ilustrado por Elisabeth Teixeira ‘Votupira - o vento doido da esquina’(SM Edições, 32 páginas), conta a história de uma criatura invisível que brinca de esconde-esconde, assusta crianças, faz bolhas de sabão, acaricia o rosto dos ciclistas e está por toda parte.

É a quarta vez que Carpinejar fica entre os melhores - já venceu o prêmio em 2009 na categoria Contos e Crônicas com a coletânea "Canalha!" (Bertrand Brasil).




Curso inédito de crônicas em Porto Alegre


Em parceria com a Casa de Ideias, Carpinejar ministrará seu primeiro curso de crônicas em Porto Alegre em 2012. A oficina "Tanta Ternura" acontece dias 16, 18, 23 e 25/10, sempre as terças e quintas, das 19h30 às 22h30.

Com exercícios criativos, debates, jogos de interação e produção textual, as aulas abordarão a despretensão e espontaneidade da crônica, a simplicidade e surpresa e os três E da crônica: Estranheza, Exemplo, Emoção.

O palco das aulas é a Casa de Ideias (Shopping Total, Alameda dos Escritores, prédio 2, 4°andar). Informações e inscrições (51) 3018 7740 ou contato@casadeideias.com






A Máquina recebe Danilo Gentilli


Programa de Fabrício Carpinejar na TV Gazeta receberá o humorista Danilo Gentilli hoje, dia 25/9, às 23h30.

Gentilli ganhou projeção nacional como integrante do programa de humor jornalístico Custe o Que Custar, da Rede Bandeirantes e atualmente comanda o talk-show Agora é Tarde.

Em conversa descontraída, ele confessa que a timidez não é truque de sedutor e descreve sua dificuldade em dar e receber presentes.

Veja o teaser do programa aqui: http://migre.me/aRhsj e assista ao vivo hoje: http://amaquina.tvgazeta.com.br/aovivo



Facebook de Carpinejar atinge 700 mil visitantes semanais

Com atualizações diárias, a página do escritor Fabricio Carpinejar no Facebook superou a marca de 700 mil visitantes semanais.

Entre fotos do dia-a-dia, textos exclusivos e a série "Ressuscitando Carpinejar", os leitores se divertem comentando, criticando, enviando desenhos e compartilhando também suas experiências com o poeta.

Não deixe de conferir: www.facebook.com/carpinejar


Com mais de 160 mil seguidores, o Twitter de Carpinejar recebeu o selo de verificação conferido pela equipe do microblog.

Em aforismos como " Sou tão bom mentiroso que não caio mais em minhas mentiras", o cronista é um dos campeões de retweets diários.

OS INDICADOS AO 13º GRAMMY LATINO

O Grammy Latino anunciou os indicados de sua 13ª edição.

Na disputa pelo melhor álbum, concorrem Chico Buarque, com "Chico", e Ivete Sangalo, Gilberto Gil e Caetano Veloso, com "Especial Ivete, Gil e Caetano".


O trio também foi indicado por gravação do ano, com a música "Atrás da Porta". Maria Gadú disputa em canção do ano por "Extranjero", e Gaby Amarantos concorre como revelação.

Hamilton de Holanda ("Brasilianos 3") e Guinga com Quinteto Villa-Lobos ("Rasgando Seda") foram indicados a melhor álbum instrumental.

A premiação conta com uma parte destinada apenas a brasileiros, com sete categorias.

Veja abaixo a lista completa de indicados brasileiros:

Gravação do ano
"Atrás Da Porta", de Ivete Sangalo, Gilberto Gil e Caetano Veloso

Canção do ano
"Extranjero", de Maria Gadú

Álbum do ano
"Especial Ivete, Gil e Caetano", de Ivete Sangalo, Caetano Veloso e Gilberto Gil
"Chico", de Chico Buarque

Revelação
Gaby Amarantos


*
OUTRAS CATEGORIAS
Melhor Canção Alternativa
"Neguinho", de Gal Costa (composta por Caetano Veloso)

Melhor álbum de cantor/compositor
"Chico", de Chico Buarque

Melhor álbum de jazz latino
"Tempo", de Tania Maria

Melhor álbum instrumental
"Brasilianos 3", de Hamilton de Holanda Quinteto
"Rasgando Seda", de Guinga + Quinteto Villa-Lobos

Melhor álbum de música clássica
"Prelúdio 21 - Quartetos de Cordas", de Quarteto Radamés Gnattali

Melhor obra/composição clássica contemporânea
"Quarteto Circular", de Tim Rescala

Melhor projeto gráfico de um álbum
Bixiga 70, criada pelo artista MZK

Melhor álbum de engenharia de gravação
"O Canto da Sereia", de Regina Benedetti
Alexandre Gaiotto (engenheiro/masterização)

"Liebe Paradiso", de Celso Fonseca e Ronaldo Bastos
Julio Boscher, Walter Costa, Duda Mello, Leonel Pereda & Carlos Toré (engenheiros); Ricardo Garcia (masterização)

"Chão", de Lenine
Bruno Giorgi (engenheiro); Carlos Freitas (masterização)

"Brasilianos 3", de Hamilton de Holanda Quinteto
Madre Música (engenharia); André Dias (masterização)

Produtor do ano
Moogie Canazio, por "Umbigobunker!?", de Jay Vaquer

Melhor vídeo musical versão longa
"Especial Ivete, Gil e Caetano"
Caetano Veloso, Gilberto Gil & Ivete Sangalo, Rafael Dragaud & Roberto Talma (direção); Rafael Dragaud & Roberto Talma (produção)

Melhor álbum de música cristã (língua portuguesa)
"Diante do Trono 14", Sol Da Justiça
"Ministério de Louvor", Diante Do Trono
"Inquieto Coração", Grupo Chamas
"Mulheres Ao Vivo", Cantores de Deus
"Eletro Acústico 3", Paulo César Baruk e Banda Salluz
"Aline Barros & Cia 3", Aline Barros

*
CATEGORIAS BRASILEIRAS
Melhor álbum pop contemporâneo
"Não Tente Compreender", Mart'nália
"Reza", Rita Lee
"Músicas Para Churrasco Vol. 1", Seu Jorge
"Pelo Sabor do Gesto Em Cena", Zélia Duncan
"Caravana Sereia Bloom", Céu

Melhor álbum de rock
"Elektra", RPM
"Multishow Ao Vivo NxZero 10 Anos", NxZero
"Celebração & Sacrifício", Beto Lee
"Ao Vivo No Rock In Rio", Ira! e Ultraje A Rigor
"Depois de um Longo Inverno", CPM 22

Melhor álbum de samba/pagode
"Ousadia & Alegria", Thiaguinho
"15 Anos Ao Vivo", Sorriso Maroto
"Só Danço Samba Ao Vivo", Emílio Santiago
"Nosso Samba Tá Na Rua", Beth Carvalho
"Duas Faces Ao Vivo Na Mangueira", Alcione

Melhor álbum de MPB
"Especial Ivete, Gil e Caetano", Caetano Veloso, Gilberto Gil e Ivete Sangalo
"Elo", Maria Rita
"Raiz", Leila Pinheiro
"O Que Você Quer Saber de Verdade", Marisa Monte
"Amorágio", Ivan Lins
"João Bosco 40 Anos Depois", João Bosco
"Oásis de Bethânia", Maria Bethânia

Melhor canção
"Querido Diário", Chico Buarque (Chico Buarque)
"Amor É pra Quem Ama", Lenine (Lenine e Ivan Santos)
"Ainda Bem", Marisa Monte (Arnaldo Antunes e Marisa Monte)
"Ai Se Eu Te Pego", Michel Teló (Antonio Dyggs e Sharon Axé Moi)
"A Doida", Seu Jorge (Pretinho da Serrinha, Leandro Fab e Seu Jorge)

Melhor álbum de sertanejo
"Amor de Alma", Victor & Leo
"Na Balada", Michel Teló
"Quando Chega a Noite", Luan Santana
"Meus Encantos", Paula Fernandes
"Acústico Na Ópera de Arame", Fernando & Sorocaba
"Pra Ser Feliz", Daniel
"Chitãozinho & Xororó - 40 Anos - Sinfônico", Chitãozinho & Xororó

Melhor álbum de raiz
"Canibália - Ritmos Do Brasil (Ao Vivo)", Daniela Mercury
"Jammil Na Real", Jammi
"Iluminado", Dominguinhos
"Forró Chorado", Oswaldinho do Acordeon
"Treme", Gaby Amarantos

FÃ DE CAYMMI E JOBIM, ANDY WILLIAMS MORRE AOS 84 ANOS

O cantor norte-americano Andy Williams, conhecido pelos sucessos "Moon River" e "Born Free", morreu aos 84 anos em sua casa em Branson, no Missouri, informou sua família nesta quarta-feira.

Williams, que vinha sofrendo com um câncer de bexiga há um ano, morreu na noite de terça-feira, disse a família dele em um comunicado.

Além das canções famosas, Williams apresentou o "The Andy Williams Show" na emissora NBC por quase uma década. O show tornou-se, então, um especial de Natal anual.


Williams envolveu-se em um escândalo quando sua ex-esposa Claudine Longet foi acusada, em 1976, de atirar fatalmente em seu amante, o esquiador Spider Sabich.

O cantor anunciou no ano passado em uma aparição no Teatro Moon River, em Branson, que tinha câncer.

Williams, que cresceu em Wall Lake, Iowa, fez sua estreia profissional no canto aos 8 anos, com seus três irmãos, como parte do Williams Brothers Quartet.

Destaque em estações de rádio em todo o país, os irmãos acabaram atraindo a atenção de Bing Crosby, que se juntou a eles para gravar o hit de 1944 "Swinging on a Star

terça-feira, 25 de setembro de 2012

PRESIDENTE DILMA DISCURSA NA ONU

Em seu discurso de abertura da 67ª Assembleia-Geral das Nações Unidas, em Nova York, nesta terça-feira, a presidente Dilma Rousseff rebateu as críticas de que os países em desenvolvimento estejam praticando protecionismo comercial. Dilma também criticou a possibilidade de uma intervenção militar na Síria, país às voltas com uma sangrenta guerra civil há 18 meses.

"Não podemos aceitar que iniciativas legítimas de defesa comercial por parte dos países em desenvolvimento sejam consideradas [como] protecionismo", disse a presidente.
A fala é uma referência a iniciativas, como a brasileira, de elevar recentemente as alíquotas de importação de uma centena de produtos.


A presidente defendeu o "diálogo" e a "cooperação" para enfrentar a crise humanitária da Síria, mergulhada em uma guerra civil que já provocou a morte de pelo menos 20 mil pessoas. "Não há solução militar para a crise síria. A diplomacia e o diálogo não são apenas a melhor, mas, eu creio também, a única opção", disse a presidente. "O Brasil condena nos mais fortes a violência que continua a ceifar vida nesse país", afirmou Dilma, acrescentando que "a maior responsabilidade" recai sobre Damasco (o governo sírio).

"Mas sabemos também da responsabilidade das opções armadas, especialmente daquelas que contam com apoio militar e logístico de fora", acrescentou, numa provável referência aos grupos rebeldes, que têm recebido financiamento e armas de países ocidentais. "Sírios, deponham as armas e juntem-se aos esforços de mediação."

HOJE É O DIA DO RÁDIO


ABRAÇO PELA PAZ EM LONDRINA

Abraço pela PAZ no Lago Igapó, em Londrina (PR) reuniu cerca de 3 mil reais, no domingo, dia 24 de setembro.


APRESENTADOR JOSÉ ROBERTO NETO MORRE EM CASCAVEL (PR)

O apresentador da TV Tarobá, José Roberto Neto, morreu na manhã de hoje (25), quando se preparava para realizar um exame, em uma clínica na região central de Cascavel. De acordo com o setor de jornalismo da televisão, Neto havia sofrido um princípio de infarto na noite de ontem (24).

A Nuclevel confirmou a informação de que Neto morreu aguardando a realização de uma cintilografia do miocardio, exame que avalia o fluxo de sangue no coração.




História

José Roberto Neto começou sua carreira como operador de áudio na rádio Verdes Campos de Cascavel, depois trabalhou alguns anos na rádio Jornal de Assis Chauteaubriand, onde se destacou como locutor de programas para jovens e esportivos. No final de 1988 Neto foi trabalhar para Rádio Independência de Cascavel (hoje Rádio Cidade), ganhando destaque como apresentador de programa policial; nesse período foi assessor do Deputado Federal Maurício Nasser.

No início de 1989, José Roberto Neto foi contratado pela TV Tarobá. No começo, Neto desempenhava a função de repórter policial, no programa Lorival Neves. Em seguida passou para o departamento de jornalismo, cobrindo, inclusive, matérias de repercussão a nível nacional ao vivo para a Band. Também trabalhou na área de Esportes da TV Tarobá.

José Roberto Neto foi pioneiro na apresentação de programas polêmicos de TV a Cabo, ficou dois anos afastados da TV Tarobá devido a um projeto político neste período, e apresentou um programa popular na Rádio Capital de Cascavel. No seu retorno a TV Tarobá, Neto apresenta o Jornal Primeira Hora que ajudou a criar na emissora.

José Roberto Neto apresentava os programas "Primeira Hora" e "Tarobá Cidade".

Fonte: www.cgn.uol.com.br

CICLO DE OFICINAS CULTURAIS

Oficina 10 – Elaborando e utilizando boas práticas de gestão em projetos - com Sandra Helena Pedroso (Coordenadora de Certificação da Lei de Incentivo à Cultura do Estado do Rio de Janeiro).

Modelagem de projetos culturais, envolvendo as etapas de elaboração e acompanhamento de gestão, assim como a prestação de contas e a elaboração do programa/portfólio.

Para produtores e gestores artísticos e culturais, artistas e demais interessados.

Dias: 29 e 30 de setembro

Horário: das 10h às 17h30 (sábado) e das 11h às 15h (domingo)

Gratuito



Oficina 11 – Elaboração de Projetos Culturais para o PIC – com Luciana Rodrigues (Coordenadora do Pontão Sibipiruna)

Elaboração de todas as etapas de um projeto cultural, da idealização à redação formal final, para enquandramento no PIC (Programa de Incentivo Cultural) da Secretaria Municipal de Cultura.

Para produtores e gestores artísticos e culturais, artistas e demais interessados.

Dias: 03, 04 e 05 de outubro

Horário: das 18h30 às 21h30

Gratuito



Oficina 12 – Estratégias de Captação de Recursos - com Marcelo Estraviz (professor do MBA de Gestão e Empreendedorismo Social da FIA/USP)

Tópicos abordados: Potenciais doadores entre empresas, governos, fundações e indivíduos; Planejamento de campanhas de captação; Definição das metas e necessidades de arrecadação; Contratação e treinamento de um captador de recursos.

Para produtores e gestores artísticos e culturais, artistas e demais interessados.

Taxa de inscrição: R$ 30,00

Dias: 19 e 20 de outubro

Horário: das 9h às 17h30 (sexta) e 9h às 12h (sábado)





Serviço:

Pontão de Cultura Sibipiruna

Rua José Bonifácio, no. 59, Centro, Ribeirão Preto/SP

Inscrições pelo telefone (16) 3610-8679 ou pelo e-mail:

pontaosibipiruna@gmail.com

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

VIOLONISTA MÁRIO DA SILVA LANÇA CD EM PARCERIA COM ANDRÉ ABUJAMRA

O violonista Mário da Slva está lançando em parceria com André Abujamra o disco "Tu Tausam Tu Elve".

O músico graduou-se em Licenciatura em Música e Superior de Instrumento (violão) na Escola de Música e Belas-Artes, do Paraná, em 1989 e 1992 respectivamente, onde teve como professor de instrumento Orlando Fraga.

Participou de importantes festivais e seminários: "Seminário Internacional de Violão", de Porto Alegre (1988); "XXXV Música en Compostela" (1992), com Jose Luís Rodrigo (Espanha); "Festival Internacional de Violão de Curitiba" (1994).

Também participou de master-classes com Hopkinson Smith (Basel-Suíça,1997) e Eduardo Fernandez (Uruguai, 1998).


Além da carreira de intérprete, atuou como professor de violão no Curso Superior de Instrumento da Escola de Música e Belas-Artes do Paraná a partir de 1991.

Ministrou cursos em festivais, como a "Oficina de Música de Curitiba" (1994) e a da Universidade Federal de Santa Maria (1998 e 1999), entre outros.

Realizou também palestras sobre a música contemporânea brasileira para violão, com especial atenção à música paranaense.

Nas palestras que ministrava levava ao conhecimento do público obras de compositores que não têm um reconhecimento da mídia brasileira, embora já tenham suas carreiras solidificadas fora do Brasil.
(1999) Música contemporânea descontruída por encomenda • Independente • CD
(1997) Nova música brasileira • Independente • CD
(2012) Tu Tausam Tu Elve- CD

Fonte: Dicionário Cravo Albim de Música Brasileira

I ENCONTRO REGIONAL NORTE DA ABET

Informamos que as inscrições para o I Encontro Regional Norte da ABET / III Encontro Regional Nordeste da ABET (24, 25 e 26 de outubro de 2012 - Salvador, Bahia) estão abertas para ouvintes. Informamos também que, ao realizar a sua inscrição, o participante tem o direito de optar por um dos dois cursos que serão ministrados no primeiro dia do evento (dia 24 de outubro), pela manhã.

Uma novidade na nossa programação é que teremos uma pré-conferência no dia 24 de outubro, pela tarde, antes da abertura oficial do Encontro. Pedimos aos interessados que se programem para participar de todas as atividades oferecidas.

A ficha de inscrição (contendo também as categorias e valores das inscrições), as instruções para este procedimento, a programação do evento e informações adicionais (há uma lista de hotéis e albergues na seção "hospedagem") estão disponíveis no site oficial do Encontro http://ethnomuscyber.net/abetnone2012.

MUSEU DO HOLOCAUSTO PROMOVE EXPOSIÇÃO SOBRE O HERÓI JANUSZ KORCZAK

O polonês Janusz Korczak (1878-1942), pseudônimo de Henryk Goldszmit (ele alterou o nome para participar de um concurso literário), foi médico, especializado na área de pediatria, pedagogo, autor infantojuvenil e ativista social.

O Museu do Holocausto de Curitiba está com a exposição Reformador do Mundo, que conta a trajetória de Korczak até 17 de outubro. A mostra, que já esteve em cartaz no mês passado no Senado, em Brasília, por conta da nomeação de 2012 como o Ano Korczak (por conta dos 70 anos da morte do educador) pelo Senado polonês, traz 21 painéis com fotos e documentos que contam a vida do educador.


Reformador do Mundo, exposição sobre a vida de Janusz Korczak

Museu do Holocausto (R. Cel. Agostinho de Macedo, 248 – Bom Retiro), (41) 3093-7462. Hoje, às 19h30, apenas para convidados. Visitas feitas somente sob agendamento (aos domingos, com guia) pelo e-mail: museudoholocausto@accbeityaacov.org

A entrada é franca.
Mais detalhes no site: www.museudoholocausto.org.br. Até 17 de outubro.

As palestras ocorrerão no prédio da Reitoria da UFPR (R. General Carneiro, 460, 1º andar – Sala Homero de Barros).

A entrada é gratuita. Confirmação de presença obrigatória pelo telefone (41) 3019-4662 ou no e-mail secretaria.curitiba@msz.gov.pl





VI SIMPÓSIO ACADÊMICO DE VIOLÃO

A Escola de Música e Belas Artes do Paraná (Embap) está promovendo o seu VI Simpósio Acadêmico de Violão, que acontecerá entre os dias 04 e 11 de novembro de 2012, em Curitiba. Com isso, já está aberta a Chamada de Trabalhos para as Comunicações, que vai até 12 de outubro.

O endereço para as inscrições e maiores informações é: http://200.201.48.206/posgrad/simposio_violao/apresentacao.htm

É possível, também, ser acessado pelo seguinte caminho: http://www.embap.pr.gov.br/ -> Pesquisa e Pós-Graduação -> Formulários

Inscrições: enviar 01 (uma) cópia do trabalho em formato PDF, juntamente com a ficha de inscrição em formato DOC ou DOCX para o e-mail inscricaopos@embap.pr.gov.br

Prazos: inscrição e envio dos trabalhos para seleção até 12 de outubro de 2012.
Divulgação dos trabalhos selecionados e da programação do evento em 27 de outubro de 2012. A critério da Comissão de Seleção poderá ser estabelecido prazo para que o autor efetue revisão do texto (correções de erros de referência, citações, redação, etc.) para a publicação do trabalho. O não cumprimento do prazo e/ou a inadequação da revisão implicarão na não aceitação do trabalho para publicação.

EDITAL CULTURAL DA FUNARTE

A Funarte publicou, no Diário Oficial da União do dia 16 de agosto de 2012, quinta-feira, o edital da Bolsa de Aperfeiçoamento Técnico e Artístico em Música.

O programa apoiará a participação de artistas e/ou técnicos da área de música em atividades de aperfeiçoamento no Brasil ou no exterior, por meio de concessão de bolsa para realização de estágios e cursos de média e longa duração.

Serão concedidas 36 bolsas. Podem concorrer no edital jovens músicos, compositores e arranjadores, bem como técnicos – nas áreas de sonorização, iluminação, produção fonográfica e luteria.

O edital está disponível no link:
http://www.funarte.gov.br/edital/bolsa-de-aperfeicoamento-tecnico-e-artistico-em-musica/

Outros editais da Funarte:
www.funarte.gov.br

BATERISTA BRAD PARKER SOFRE PARADA CARDÍACA E MORRE NO BRASIL

Brad Parker, baterista da banda "Generation Esmeralda", morreu após sofrer uma parada cardíaca durante um show em Ubá, Minas Gerais, na madrugada do domingo (23 de setembro).

O músico de 59 anos caiu sobre a bateria, chegou a ser socorrido ainda no local do show, mas morreu a caminho do hospital. Ele deve ser enterrado na Califórnia, Estados Unidos.

A banda é uma releitura do grupo Santa Esmeralda, que ficou famoso nos anos 70 com músicas como "Don't Let Me Be Misunderstood".


Festival Internacional de Violão da UFRJ

Caros amigos, com alegria anunciamos a terceira edição do Festival, em homenagem ao nosso querido prof. Léo Soares, e que ocorrerá entre os dias 24 e 28 de outubro/2012. Este ano teremos entre os nossos convidados Jonathan Leathwood, Ana Vidovic, Eduardo Isaac, Mario Ulloa, Daniel Guedes, Fábio Adour, Celso Ramalho e o grupo Serrear das Cordas, Graça Alan, Paulo Barcelos, Ricardo Dias, Manoel Corrêa do Lago e Samuel Araújo.

Eis o link de divulgação:
http://www.musica.uf...aques&Itemid=86

Chamo a atenção para a chamada de trabalhos para comunicações orais, novidade desta edição, e que tem link com formulário próprio de inscrição ao fim da página da matéria. Todas as atividades (concertos, aulas, conferências, comunicações) são gratuitas (mantendo a tradição do festival) e aos que desejarem certificados, bastará preencher 75% de presença nas atividades acadêmico-pedagógicas do festival (conferências, masterclasses e comunicações).

Para facilitar a visualização de todos, reproduzo aqui a programação sintetizada. Desde já esperamos por todos!:


Programação do Festival

24/10/2012, quarta-feira
Concerto: Jonathan Leathwood (Inglaterra e Estados Unidos), 19h30 às 20h30,Salão Leopoldo Miguez

25/10/2012, quinta-feira
Master Class: Eduardo Issac (Argentina), 10h às 13h, Sala da Congregação
Conferência "Violão e história dos acontecimentos", com Manoel Corrêa do Lago, Sala da Congregação, 15h às 16h
Comunicações orais, 16h30 às 17h30, Sala da Congregação
Concerto: Fábio Adour (UFRJ), 18h às 19h, Salão Leopoldo Miguez
Concerto: Eduardo Issac (Argentina), 19h30 às 20h30, Salão Leopoldo Miguez

26/10/2012, sexta-feira
Master Class: Jonathan Leathwood (ENG-EUA ), 10h às 13h, Sala da Congregação
Conferência " Violão em diferentes dinâmicas culturais", com Samuel Araújo (UFRJ), 15h às 16h, Sala da Congregação
Comunicações orais: 16h30 às 17h30, Sala da Congregação
Concerto: Celso Ramalho (UFRJ) e convidados (Serrear das Cordas), 19h30 às 20h30, Salão Leopoldo Miguez
Concerto: Duo Mario Ulloa (Costa Rica-UFBA) e Daniel Guedes (Brasil-UFRJ), 19h30 às 20h30, Salão Leopoldo Miguez

27/10/2012, sábado
Master Class: Mario Ulloa (Costa Rica-UFBA), 10h às 13h, Sala da Congregação
Conferência "Violão e Luteria: questões e curiosidades", com Ricardo Dias , 15h às 16h, Sala da Congregação
Comunicações orais: 16h30 às 17h30, Sala da Congregação
Concerto: Graça Alan (UFRJ), 18h às 19h, Salão Leopoldo Miguez
Concerto: Ana Vidovic (Croácia) e Orquestra OSUFRJ, regência de André Cardoso, 19h30 às 20h30, Salão Leopoldo Miguez


28/10/2012, domingo
Master Class: Ana Vidovic (Croácia), 10h as 13h, Sala da Congregação

domingo, 23 de setembro de 2012

VISITE AS PÁGINAS DE MARCELO TORCATO NA INTERNET




Sites oficiais do autor na internet:



Grupo Instrumental:

www.grupoinstrumental.net



Cultura e Arte:

www.marcelotorca.com



Marcelo Torca:

www.marcelotorca.net



Rádio MACRISAN:

www.radiomacrisan.net



Flauta-doce:

www.flauta-doce.net



MACRISAN - Escola de Música:

www.macrisan.net



Grupo Instrumental:

www.grupoinstruemntal.net



Cá Estamos Nós:

www.caestamosnos.org/autores/autores_m/marcelotorca.htm



Jornal Raiz Online:

www.raizonline.org/marcelotorca.htm



Nature et Culture:

www.natureculture.org/wiki/index.php?title=Cat%C3%A9gorie:Marcelo_Torca



Palco MP3:

palcomp3.com/marcelotorca/?sms_ss=blogger



Autores e Leitores:

www.autoreseleitores.com/autores/marcelotorca.php


--------------------------------------------------------------------------------

Notícias sobre o autor e suas obras:



Rádio Piano Instrumental:

radiopianoinstrumental.blogspot.com/



Flauta-doce Concerto:

flautadoceconcerto.blogspot.com/



Rádio Músicas Católica:

radiomusicascatolica.blogspot.com/



Bonsai Brasileiro:

bonsaibrasileiro.blogspot.com/



Festival de Inverno Marcelo Torca, blog:

festivaldeinvernomarcelotorca.blogspot.com/



FIMT:

fimt.macrisan.net/



Músicas de Marcelo Torca:

www.reverbnation.com/marcelotorca

OS LIVROS DE MARCELO TORCATO ESTÃO NO CLUBE DE AUTORES

Os nomes: Marcelo Torca, Nhô Celo, Morales, Mamo Cato, são pseudônimos do músico, compositor e escritor Marcelo M. Torcato, cuja formação está baseada no piano erudito, e a sua atuação compreende a Música Popular, Música Erudita, Música Instrumental, onde escreve por quatro compositores, ou como se fosse.




Marcelo Torca é o compositor e escritor que atua no ramo da música instrumental e erudita, é o nome de apresentação, de divulgação e de comercialização, dentro da música instrumental trabalha com vários elementos harmônicos, melódicos e rítimicos, faz arranjos, possui músicas de autoria própria nos estilos: Caipira, Carnaval, Samba, Chorinho, Erudito. Como compositor faz várias experimentações e com vários instrumentos, desde instrumentos solos, até orquestras. Destacam-se as músicas: Baião a Quatro, Em Sonata, Som (flauta-doce, duas guitarras, piano); Diz Som Ando (piano); Tema (flauta, clarineta e orquestra de cordas e percussão). Como escritor, atua na área de poesia, conto, crônicas, destacando: Ao Amanhecer, Não Sei Poesias, Poesias em Dezembro, Carla(conto), Um Flautista(conto). Participou de três antologias, livros impressos: I Antologia Nacional de Poesias: Novos Poetas, Novos Talentos. Editora Mar de Idéias; Portal "Cá Estamos Nós": II Antologia. Editora All Print; Antológica Primazia. Editora All Print.


Mamo Cato pertence ao Rock Punk, onde a linha de atuação principal é de crítica a Sociedade, possui um som pesado, alegre, triste dependendo do tema a ser abordado, trabalha com guitarra, baixo, bateria, canto e teclado, pode-se destacar as músicas: Política Social, Rock Paulicéia, Liberdade. Política Social é um conjunto de dez músicas, onde o compositor deixa registrada a sua opinião referente a organização social, tem um som mais Punk, já Rock Paulicéia segue uma linha mais Rock, são dez músicas para agitar, onde os temas abordados são do cotidiano.



Nhô Celo segue a linha Caipira, onde as músicas falam sobre a vida no campo, no rancho, à beira do rio, sobre a organização da pessoa humana na zona rural, é um estilo regionalista e difunde o jeito de viver de uma determinada região, pertencente ao Interior Paulista, às margens do Rio Paraná, destacam-se: No Rio, Sonho, De Quem é Essa Terra (em parceria com Maria José M. Torcato). São músicas executadas com teclado (som de piano), baixo, viola caipira, canto, algumas músicas já foram gravadas instrumentalmente por Marcelo Torca, cujo cd já se encontra esgotado.



Morales é o músico compositor especializado em folia, ou seja, carnaval e a música que se destaca é a Folia Em Paulicéia, de rítimo alegre e contagiante, tem como proposta passar os dias de carnaval alegre e descontraído.

Compre os livros em: www.clubedeautores.com.br

RETRATOS DO PARANÁ, PROJETO DA GAZETA DO POVO, GANHA PRÊMIO INTERNACIONAL

O projeto Retratos Paraná, desenvolvido pela Gazeta do Povo, é vencedor do prêmio de jornalismo online (Online Journalism Awards) concedido pela Online News Association em parceria com a Escola de Comunicação da Universidade de Miami.

O resultado foi anunciado neste domingo (23), em São Francisco, nos Estados Unidos. O trabalho venceu na categoria de projetos desenvolvidos em outra língua que não o inglês por veículos de comunicação com mais de 100 profissionais.


Retratos Paraná, que montou um perfil sobre o desenvolvimento do estado, concorreu com materiais produzidos pelo site brasileiro UOL e pelo jornal colombiano El Tiempo.

A equipe da Gazeta que produziu o material online é composta por Lyn Januzzi, Bruna Maestri Walter, Anderson Gonçalves e Guilherme Storck. O projeto multiplataforma foi desenvolvido entre 26 de setembro de 2011 e 15 de janeiro de 2012.

I Prêmio Lese Orisá

Londrina realizou ontem a 1ª edição do prêmio Lese Orisá, como homenagem às comunidades de religiões de matrizes africanas de Londrina e região.

A cidade de Londrina e região, tem atualmente 456 terreiros de candomblé e umbanda, conforme dados levantados pelo Núcleo de Estudos Afro-brasileiro NEAA da Universidade Estadual de Londrina – UEL. São comunidades que agregam em média 50 a 150 integrantes. Com atuação efetiva no rito religioso e em muitos casos de ações sociais realizadas pelo casas de ases.

Buscando reconhecer o trabalho efetivo dessas casas, a Associação de Ogans de Londrina e Região criou o prêmio Lese Orisá para dar maior visibilidade, não só às demais casas, mas principalmente a sociedade em geral. Desta forma, busca-se trazer a premiação para que esta ação contribua com as lutas contra a intolerância religiosa. Trazendo maior exposição do que é a luta pela continuidade das tradições e da importância que essas ações tem para os adeptos da religião.

A Associação de Ogans de Londrina e Região, presidida pelo Ogan Carlinhos, é uma entidade sem fins lucrativos, criada em 2009, ligada ao Instituto Cidadania (CNPJ 05.073.589/0001-71) localizada na Rua Uruguai/ esquina com Venezuela, nº 1656 - Londrina-PR.

Representa as comunidades das religiões de matriz africana que lutam pelo respeito de sua crença. Busca sempre estar junto com os babalorixás e yalorixas, levando as suas contribuições das situações vividas no dia a dia. A entidade Associação entende que o trabalho na religião ocorre de forma efetiva e conjunta. Os integrantes da Associação de ogas, em alguns casos são profissionais ligados à educação, participam ativamente de capacitação em escolas, em eventos das Universidades e em eventos promovidos pelo Estado.

O prêmio
Para o presidente da Associação Ogan Alabe Carlinhos (Carlos Augusto de Souza) premiar os adeptos do candomblé e da umbanda com forte atuação no fortalecimento das tradições das religiões de matriz africana em Londrina e Região é uma ação que visa incentivar com que mais pessoas percebam o esforço de tantos religiosos para fortalecer as religiões de matrizes africanas.
Ele cita os principais objetivos com a premiação, que são:
· Contribuir no combate a intolerância religiosa;
· Divulgar a cultura afro-brasileira;
· Visibilizar as contribuições das religiões de matriz africana na formação da cultura brasileira;
· Apontar sacerdotes e sacerdotisas que prestam serviços as suas comunidades e sociedade em geral;
· Viabilizar canais de comunicação entre as comunidades e sociedade;
· Incentivar as boas praticas.

O vice presidente da Associação Ogan, Robson Borges Arantes, conta que o foco inicial era realizar uma premiação direcionada aos babalorixas e yalorixas, porém, a Comissão organizadora do evento, ouvindo os próprios babalorixás e yalorixás, percebeu que existem muitas pessoas que dedicam-se ativamente no trabalho dos terreiros e que deveriam também serem reconhecidas. E a partir disso, foi estabelecido a premiação para ekeds, ogans e possas ligadas a religião

sábado, 22 de setembro de 2012

PRIMAVERA DOS MUSEUS EM LONDRINA

Londrina recebe, a partir desta segunda-feira (24), a 6ª Primavera dos Museus. O evento é uma integração entre os museus da cidade e região: Museu Histórico de Londrina, Museu de Arte de Londrina, Museu da Sociedade Rural, Casa de Memória Madre Leônia Milito, Museu Histórico de Cambé, de Jataizinho e também de Ibiporã. A Primavera dos Museus acontece todos os anos em todo o Brasil. É uma iniciativa do Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM).

Segundo a diretora do Museu de Arte de Londrina, Sandra Jóia, a Primavera dos Museus está em sua sexta edição. No entanto o evento está mais sólido este ano. “Essa será a primeira vez que haverá um tour de integração entre os museus, ou seja, uma caravana com roteiro de visitação. O objetivo é levar a importância dos espaços e também o acesso. Falar em museu é falar em arte, educação e história”, enfatizou.

De acordo com a diretora do Museu Histórico de Londrina, Regina Célia Alegro, a abertura da 6ª Primavera dos Museus será, oficialmente, na terça-feira (25), às 19h30, no Centro Universitário Filadélfia (Unifil), Teatro Filadélfia. “Embora haverá atividades para as crianças na segunda-feira (24), a abertura será no dia seguinte”, comentou.

Uma mesa redonda, no dia 25, com três convidados irá abrir o evento deste ano. São dois representantes do Conselho Estadual de Cultura (Concec), sendo eles - o professor Leonardo Magalhães e a professora Janete Fernandes. A terceira convidada é a professora da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Cláudia Martinez. “O tema principal abordado será a função social dos museus”, contou a diretora do Museu Histórico de Londrina.

Várias atividades serão realizadas até sábado (29), no Museu de Arte, localizado na rua Sergipe, 640. E também em todos os outros museus envolvidos no evento. A entrada é gratuita para todas as atividades. As inscrições já estão abertas. Toda a programação pode ser conferida no portal eletrônico www.uel.br/museu.

Evento recebe o apoio da Sanepar, Sebrae e da Prefeitura de Londrina através do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic) e da diretoria de Patrimônio Histórico da Secretaria Municipal de Cultura.

Fonte: Núcleo de Comunicação de Londrina

SEMANA DOS DIREITOS DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA EM LONDRINA

Programação:

Segunda-feira (24), das 8h30 às 12h e das 14h30 às 18h, será realizada uma oficina de capacitação para os profissionais da saúde. A oficina acontecerá na Vila da Saúde, situada na rua Santa Catarina, 584, região central e abordará as questões sobre as necessidades das pessoas com deficiência e seus direitos.

Terça-feira (25), às 19h30, haverá uma mesa-redonda, aberta ao público, com o tema “Inclusão da Pessoa com Deficiência na Sociedade”, na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC), localizada na avenida Jockei Club, 485, Vila Hípica.

Quarta-feira (26), às 14h, as comemorações serão realizadas na Câmara de Vereadores de Londrina, que fica na rua Governador Parigot de Souza, 145, Centro Cívico. Haverá apresentação do coral do ILES, de um grupo de dança de Hip Hop e uma mesa-redonda sobre o cotidiano dos surdos na atualidade. Na quinta-feira (27), não haverá programação.

O encerramento da III Semana será na sexta-feira (28), às 14h, no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), localizado na rua Deputado Fernando Ferrari, 160, jardim dos Bancários. O procurador do Trabalho, Luciano Carlesso, vai participar do seminário “Trabalho e Pessoa com Deficiência”, promovido pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

14ª MOSTRA DE CINEMA DE LONDRINA


Sábado (22)
-13h30 – Olhar radical – Hiroshima (Pablo Stoll)
-14h – Olhar radical – Mr. Sganzerla, os signos da luz (Joel Pizzini) (grátis)
-15h – Clássicos – Os Incompreendidos (François Truffaut)
-16h – Competitiva nacional de curtas 1 (grátis): Gil (Daniel Nolasco), Irene (Patrícia Galucci e Victor Nascimento), Vereda (Diego Florentino), O Afinador (Fernando Camargo e Matheus Parizi).
-17h30 – Competitiva paranaense de curtas 1 + filmes londrinenses (grátis): Celeste (Rodrigo Grota), 1000 Gatos de Andrea Fávaro (Chico Santos e Marcos Assi), Quadros (Sara Bonfim), In (Bruno de Oliveira), Mauro Montezuma – Vida e obra (Yan Sorgi e Eik Sorgi), Julieta de bicicleta (Marcos Flávio Hinke), O fim do recreio (Nélio Spréa e Vinicius Mazzon) e Beleléu cá entre nós (Fabio Giorgio)
-19h – Competitiva nacional de curtas 2 (grátis): Uma, duas semanas (Fernanda Teixeira), A Descoberta (Ernesto Molinero), Dia Estrelado (Nara Normande) e L (Thais Fujinaga).

Serviço: 14ª Mostra Londrina de Cinema.

Até o dia 27, no Cinema Lumiére do Royal Plaza Shopping (R. Mato Grosso, 310).

Os ingressos para os filmes custam R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia).

A programação completa está no site www.mostralondrina.com.br

Patrocínio: Lei Rouanet/Programa Conta Cultura/Copel