quinta-feira, 29 de junho de 2017

NOVO CONSELHO DO PATRIMÔNIO DO PARANÁ TOMA POSSE


CEPHA gestão 2017-2019Os novos membros do Conselho Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico do Paraná tomaram posse na tarde desta terça-feira (27/06), na Secretaria de Estado da Cultura (SEEC). Presidido pelo secretário da Cultura João Luiz Fiani, o conselho tem como atribuição auxiliar na formação, acompanhamento e avaliação da política relativa ao patrimônio histórico, artístico e natural do Paraná.

O secretário de Estado da Cultura, João Luiz Fiani, ressaltou a importância do trabalho que o conselho desenvolve e desenvolveu desde que foi criado, em outubro de 1948. “É um órgão consultivo e normativo que trabalha com rigorosidade e atenção, formulando a estratégia do que pode ou não ser tombado, do que pode ser feito ou não, analisando todas as áreas. É um momento muito importante de renovação do conselho e fica aqui a nossa alegria de estar participando desse processo e desse novo conselho do patrimônio”.

A equipe, composta por 10 membros efetivos e 10 membros consultores, de notório reconhecimento nas áreas do patrimônio natural, histórico e artístico, se reúne também para decidir sobre processos de tombamento e sobre intervenções em bens já tombados. O mandato dura dois anos.

“Eu creio que este trabalho que se inicia agora no Conselho Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico tem o desafio de manter o equilíbrio entre o que é preciso ser preservado e flexibilidade para que as coisas possam acontecer de maneira efetiva”, comentou o doutor em história Sylvio Fausto Gil Filho, que tomou posse como membro efetivo do conselho na área de História.

Equilíbrio também é a palavra-chave para a conselheira consultora Mirella Prosdócimo, especialista em inclusão e acessibilidade. “Precisamos colocar em equilíbrio questões de lei e de bom senso para trazer qualidade de vida para as pessoas. A questão da acessibilidade, ainda bem, está sendo tratada como prioritária e ela é extremamente importante para que a gente tenha igualdade de oportunidade”.

Membro consultor do CEPHA, a professora de história e especialista em direitos humanos Maria Cecilia Pilla considera esta uma grande responsabilidade. “É preciso esse compromisso, não só por parte do Estado, mas a gente se enxergar no Estado. Esse é o principal desafio de compor o conselho: fazer a intermediação entre o interesse da população e o interesse do Estado”.

Após a posse, foi realizada a primeira reunião do novo conselho, conduzida pelo coordenador da CPC, Sergio Krieger, que explicou brevemente o funcionamento do CEPHA e as atribuições de cada conselheiro.

Gestão 2017-2019
Fazem parte do novo conselho como membros efetivos: Antonio Borges dos Reis (Acessibilidade), Jaime Lerner (Arquitetura), Guiomar Soifer (Belas Artes), Roland Hasson (Direito), Euclesio Manoel Finatti (Engenharia), Sylvio Fausto Gil Filho (História), Wilson Maske (História), Celso Freire (Imaterial), Franklin Galvão (Meio Ambiente) e Gil Piekarsz (Meio Ambiente).

Como membros consultores: Mirella Prosdócimo (Acessibilidade), Fernando Henrique R. Lobo (Arquitetura), Ricardo Amaral (Arquitetura), Waldir Simões de Assis (Arquitetura), Sidney Axelrud (Direito), José Renato Fonseca Gubert (Engenharia), Maria Cecilia Pilla (História), Dante José Mendonça (Imaterial), Reinaldo Pilloto (Meio Ambiente) e Nicole Lemanczyk (Meio Ambiente).
Fonte: SEEC

quarta-feira, 28 de junho de 2017

PROFICE PRORROGA PRAZO PARA PROJETOS CULTURAIS


ProficeA Secretaria de Estado da Cultura estendeu até as 17h50 da próxima quarta-feira (05/07) o prazo para inscrição de projetos no Edital Nº 001/2017 do Programa de Fomento e Incentivo à Cultura do Paraná (PROFICE). Previsto para encerrar no dia 29 de junho, o prazo foi prorrogado em razão da grande demanda de pedidos por parte dos proponentes. O aviso de prorrogação foi publicado nesta quarta-feira (28/06), no Diário Oficial do Estado Nº 9974.

As orientações para a inscrição de projetos estão disponíveis em: http://www.cultura.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=1263

De acordo com a Coordenação de Incentivo à Cultura (CIC), responsável pela condução do Profice, a medida tem como objetivo prioritário evitar prejuízos aos proponentes que estão inscrevendo suas propostas no Sistema de Informação da Cultura (SISPROFICE), considerando que, até o presente momento, a maioria dos projetos contabilizados pelo sistema ainda estão em composição, ou seja, não foram finalizados e enviados.

Outro ponto considerado pela CIC foi relativo ao grande volume de atendimentos a proponentes que ainda têm dúvidas nesta semana. O aumento do prazo vai possibilitar esclarecer todos os questionamentos e auxiliá-los para que consigam enviar seus projetos da forma correta e em tempo.

Segundo edital do Profice
Podem apresentar projetos os agentes culturais domiciliados ou estabelecidos no Estado do Paraná há no mínimo dois anos e também pessoas jurídicas de direito privado, que tenham como objeto atividades artísticas e culturais, domiciliadas ou estabelecidas no Paraná há no mínimo dois anos. O interessado deve fazer o cadastramento e manter atualizados os dados no Cadastro de Agentes Culturais do Estado.

Os projetos podem ser da área de Artes Visuais; Audiovisual; Circo; Dança; Literatura, Livro e Leitura; Música; Ópera; Patrimônio Cultural Material e Imaterial; Povos, Comunidades Tradicionais e Culturas Populares; e Teatro. Pelo edital estão previstas três faixas de abrangência para realização do projeto: em municípios com até 50 mil habitantes; em cidades entre 50.001 a 150 mil habitantes e com mais de 150 mil habitantes. Também estão previstas quatro faixas orçamentárias que variam de projetos com valores até R$ 50.000,00 a R$ 750.000,00.

Para incentivar os proponentes a realizar atividades culturais em municípios menores, de até 50 mil habitantes, o edital propõe uma redistribuição dos percentuais dos recursos, aplicando 40% do total na primeira faixa de distribuição. Neste segundo edital também foram revistos alguns critérios para pontuação dos projetos enviados, com valorização da adequação orçamentária e do currículo dos profissionais envolvidos nos projetos.

O Profice permite o financiamento de 100% dos valores aprovados para os projetos selecionados e não veda a obtenção de recursos de outras fontes de incentivo direto ou indireto.

Exigências
Os projetos culturais deverão observar os objetivos de promover a criação, a formação, a produção, a manutenção, a difusão e a circulação artística e cultural; a preservação, a pesquisa e a difusão do patrimônio histórico, artístico e cultural; e, ainda, o estímulo ao acesso dos bens e valores culturais. Os projetos deverão apresentar, obrigatoriamente, pelo menos duas contrapartidas com vistas à democratização de acesso.

Serviço
Prorrogado prazo de inscrições para o segundo edital do Profice
Prazo: 10 de maio a 5 de julho de 2017
Edital: http://www.cultura.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=1263
 
Mais informações: Coordenação de Incentivo à Cultura: 3321-4733, 3321-4706, das 9h às 18h, ou pelo e-mail profice@seec.pr.gov.br
Fonte: SEEC

segunda-feira, 26 de junho de 2017

NOBEL DA PAZ E DISSIDENTE, LIU XIAOBO É LIBERTADO NA CHINA

O dissidente chinês e prêmio Nobel da Paz Liu Xiaobo foi libertado por razões médicas após ter sido diagnosticado com câncer de fígado terminal, segundo confirmou hoje em declarações à Agência EFE o ativista e amigo da família Hu Jia.

Liu está atualmente internado em um hospital de Shenyang, na província de Liaoning.

Liu é um dos dissidentes chineses mais conhecidos e foi premiado com o Nobel da Paz em 2010, após ser condenado no ano anterior a 11 anos de prisão por "incitar à subversão do poder do Estado ".

FEIPE DIVULGA LISTA DE INCENTIVO AO ESPORTE EM LONDRINA

 Foi divulgado, no dia 21 de junho, o parecer completo do Conselho Administrativo da Fundação de Esportes de Londrina (CAFEL) sobre o edital do Fundo Especial de Incentivo a Projetos Esportivos (FEIPE) de 2017. O parecer traz o resultado de 47 projetos aprovados para receber recursos do Fundo e desenvolver projetos esportivos na cidade, neste ano.

Os projetos foram analisados pela CAFEL e o parecer foi divulgado no dia 30 de maio. Os interessados tiveram o prazo de 8 dias úteis para regularizar a documentação e 5 dias úteis para interpor recursos. Após análise dos projetos e documentos apresentados pelos concorrentes do FEIPE - 2017, o Conselho aprovou os projetos.

Agora, os responsáveis pelos projetos aprovados serão chamados pela Fundação para que assinem o termo de convênio do FEIPE 2016 e passem a receber os recursos do Fundo. Todas as informações estão no Edital de Chamamento Público nº 001/2017, publicado no Jornal Oficial do Município, edição 3.284, disponível no portal da prefeitura – www.londrina.pr.gov.br

Sobre o Feipe -  O Fundo foi criado no dia 6 de dezembro de 2002, pela Lei Municipal n° 8.985, com o objetivo de incentivar a prática de esportes na cidade de Londrina. Sua finalidade é designar recursos aos diferentes projetos esportivos. As entidades interessadas apresentam propostas, e após analisadas e habilitadas, firmam convênios com a FEL.

Uma vez firmado o convênio, ele é executado pela entidade durante o ano. Os recursos do FEIPE são repassados em parcelas e a cada parcela o convenente presta contas da aplicação de recursos. Uma vez aprovada a prestação de contas, o recurso da parcela seguinte é disponibilizado. Os convenentes ficam responsáveis por representar Londrina em competições estaduais e nacionais, e desenvolver a sua modalidade junto aos londrinenses durante a vigência do convênio.

INSCREVA-SE PARA A COLETANEA O DECLAMADOR

ÚLTIMOS DIAS.
E Porque alguns autores o solicitaram, podem ainda enviar os vossos textos até 2 de JULHO.

«DANADOS PARA ESCREVER»

Colectânea Luso-Brasileira, em regime cooperativo de autores das Edições "O Declamador".

Envie o seus textos para o e-mail: edicoes.odeclamador.cme@gmail.com

Recrie-se em: Poesia, Contos, Novelas, Romances, Drama, Sátira,etc..

ESCRITA CRIATIVA DE TEMA LIVRE...
Cada Autor pode utilizar até 4 páginas A4.
NÃO existe qualquer taxa de inscrição o autor tem apenas que adquirir um exemplar da Obra ao preço de 14€. (PVA)

PARTICIPE EM MAIS UMA GRANDE OBRA.
Coordenação
Jorge Manuel Ramos

ROBERTO MINCZUK É NOMEADO NOVO DIRETOR MUSICAL DA NEW MEXICO PHILHARMONIC




   Roberto Minczuk comandará sua primeira orquestra nos EUA, o competente regente acaba de ser nomeado diretor musical da New Mexico Pilharmonic para a temporada 2017/2018. O currículo de Minczuk é extenso, tem passagens em diversas grandes orquestras pelo mundo. Atualmente é regente titular no Theatro Municipal de São Paulo e regente emérito em Calgary no Canadá. 

fonte: blog opera e ballet